Troca da Lâmpada de Farol é Proibida pelo Contran



Infração será considerada grava e renderá multa de R$ 127 e perda de 5 pontos na Carteira de Habilitação.

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) passa a proibir faróis de LED ou qualquer que não seja a do modelo original, além da observância de várias outras normas já valendo. Se o condutor for flagrado com as lâmpadas em desacordo a infração será considerada grave e a punição será de multa de R$127,69, além da perda de 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

A Resolução nº 667 foi publicada no Diário Oficial da União e estabelece várias características, assim como especificações e normas técnicas relacionadas aos sistemas de iluminação e sinalização para praticamente todos os veículos automotores.

Veja também:  Mercedes AMG C63 2020 - Novidades da Nova Geração


Entre as indicações, está a proibitiva utilização de faróis de LED, quando substituídos pelos condutores em veículos e também inferência nos sistemas de iluminação e sinalização, a menos que os mesmos já venham de fábrica, sendo assim o equipamento terá seu uso liberado.

Segue abaixo um trecho da especificação da resolução determinando a mudança:



§5º É proibida a substituição de lâmpadas dos sistemas de iluminação ou sinalização de veículos por outras de potência ou tecnologia que não seja original do fabricante.”

§6º É vedada a instalação de dispositivo ou equipamento adicional luminoso não previsto no sistema de sinalização e iluminação veicular estabelecido nesta resolução.”

Veja também:  Ford Escape Hybrid 2020 - Lançamento, Especificações

Conforme o Detran (Departamento de Trânsito), os agentes estão instruídos a fiscalizar os veículos desde a data da publicação da resolução no Diário Oficial, ou seja, desde o dia 22 de maio de 2017, cobrando a conduta conforme a nova norma.

A resolução abrange desde automóveis, até caminhonetas, utilitários, tratores, caminhões, micro-ônibus, ônibus, reboques, semirreboques, tanto nacionais quanto importados.

Existe também a limitação de instalação e funcionamento simultâneo para o máximo de até 8 faróis, não importando a finalidade da iluminação.

Ainda relacionado a norma, podemos indicar que ela proíbe a colocação de adesivos, películas ou pinturas, bem como qualquer tipo de material, não sendo do tipo original do fabricante, nos dispositivos dos sistemas de sinalização ou iluminação dos veículos.

Veja também:  Toyota Corolla 2020 - Características, Especificações

A partir de agora é preciso ficar atento à esta nova normatização. Para saber mais acesse o endereço eletrônico https://www.legisweb.com.br/legislacao/?id=343767 e fique por dentro, tendo acesso ao conteúdo da resolução na íntegra.

Por Silvano Andriotti

6 comentários em “Troca da Lâmpada de Farol é Proibida pelo Contran

  1. Vc COMPRA os piores e mais caros carros do planeta e não tem o direito de tentar melhorar um pouco o que vc comprou com tanto sacrifício.

    1. Tudo isso só tem um objetivo. Favorecer e proteger os fabricantes de lâmpadas comuns, de baixa qualidade e pouca duração, enquanto as de LED que tem qualidade e duram mais são proibidas. Da mesma forma a obrigatoriedade de rodar durante o dia com farois ligados, qual o objetivo?… queimar mais lampadas e obrigar a troca, favorecendo mais uma vez o fabricante. Resta saber, quem está por traz de tanto interesse. E as estradas mal sinalizadas ninguém e multado, não há resolução pra punir os culpados.

Deixe uma resposta para Bruno Cancelar resposta

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.