Recall do Hyundai H20 – Problema na Vedação do Porta-Copos





Problema atinge cerca de 140 mil carros e pode ocasionar curto circuito no indicador de marchas.

Nesta última semana de dezembro a Hyundai Motor Brasil anunciou que irá fazer um recall que envolverá cerca de 140 mil veículos pertencentes a família HB20. De acordo com a montadora, o recall tem como objetivo fazer uma vedação no porta-copos que fica no console central. Essa vedação irá evitar que líquidos acabem entrando em contato com a fiação do indicador de marchas e que consequentemente terminem por provocar um curto circuito.

Chassis Envolvidos (os últimos 8 dígitos)

HB20 1.6 – DPO10003 a FP5338664.




A Hyundai informa também que os veículos que foram afetados com esse problema são modelos fabricados entre os anos de 2013 e 2015. As versões são a hatch, a sedã e a aventureira. Aqueles que são equipados com o motor 1.6 e transmissão automática de 4 marchas.

Veja também:  Fiat Cronos HGT 2020 - Preço, Teste e Novidades

Em um comunicado divulgado para a tratar do assunto, a fabricante destaca que há uma pequena possibilidade de infiltração de líquido na parte interior do console central. Se isso ocorrer, o líquido poderá atingir o circuito elétrico de iluminação do painel indicador de marchas.


Se o líquido entrar em contato com a fiação do carro, poderá haver um curto-circuito no momento em que o condutor for acender as luzes do farol e o indicador de marchas ser iluminado. Além do curto, o problema também poderá provocar o superaquecimento e levar a incêndio.

A Hyundai orienta aos proprietários dos veículos em questão que ao utilizar bebidas que as mesmas sejam transportadas em recipientes fechados assim como indica o manual do carro.

Veja também:  Novo Corsa 2020 terá Versão Elétrica

Caso o condutor perceba que o ocorreu um derramamento de líquido no console central, a orientação é secar imediatamente o local e levar o mais rápido possível o carro para uma avaliação em uma concessionária autorizada.

Todos os proprietários dos veículos afetados e que se enquadram nesse recall já podem fazer o agendamento para que se faça a aplicação de uma vedação adicional e a substituição de peças, se for ocaso (quando houver sinais de curto-circuito). O serviço é gratuito e não demora uma hora para ser realizado.

Atenção

Por menor que seja o problema, o recall tem que ser levado muito a sério. Conforme aponta o Código de Defesa do Consumidor, a convocação para o recall deve ser realizada quando for identificado um defeito de fábrica que venha a colocar em risco a vida do usuário.

Veja também:  Viagem de Carro - Cuidados e Dicas de Manutenção

Por Denisson Soares



Inserir um comentário

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.