Nova Tabela de Multas – Valores das Multas de Trânsito a partir de Novembro 2016

  

Confira aqui os valores e os pontos perdidos em cada tipo de multa.

O custo de ser um mau motorista ao que parece vai continuar saindo cada vez mais caro para o bolso. No dia 1° de novembro de 2016, entrou em vigor no Brasil as alterações previstas para o Código de Trânsito. Basicamente essas alterações fazem algumas modificações em determinadas categorias de infrações fazendo com que elas fiquem mais graves. Além disso, o valor das multas foi elevado em 50%. As novidades não são apenas para os bolsos dos condutores, uma maior celeridade para o processo de suspensão do direito de dirigir também está prevista.

Veja também:  BMW X2 - Lançamento no Brasil

O aumento nas multas e demais alterações são provenientes da Lei 13.281. Publicada no dia 05 de maio deste ano, ela modifica 28 artigos e ainda inclui outros seis novos dispositivos.

Desde o ano 2000 não tínhamos alteração nos valores (época em que foi extinta a Unidade Fiscal de Referência – Ufir). Agora os reajustes previstos são de R$ 66,1% para multas leves; de 52,9% para médias e graves e de 53,2% para as gravíssimas.

Confira abaixo algumas das alterações e os valores das infrações atualizados:

– Infrações gravíssimas (7 pontos)

  • Avançar no sinal vermelho: R$ 293,47.
  • Dirigir pelo acostamento: R$ 880,41.
  • Dirigir sem CNH: R$ 880,41.
  • Dirigir alcoolizado: R$ 2.934,70.
  • Excesso de velocidade (50%): R$ 880,41.
  • Não usar cinto de segurança: R$ 195,23.
Veja também:  Fiat Strada 2018 - Novidades das Versões e Preço



– Infrações Médias (4 pontos)

  • Parar sobre faixa de pedestres: R$ 130,16.
  • Parar no cruzamento: R$ 130,16.
  • Estacionar em frente a ponto de ônibus: R$ 130,16.
  • Estacionar em local/horário proibido: R$ 130,16.

– Infrações leves (03 pontos)

  • Estacionar afastado da guia entre 50 cm e 1 m: R$ 88,38.
  • Parar na calçada: R$ 88,38.
  • Usar buzina prolongada e sucessivamente: R$ 88,38.

Alguns dos reajustes feitos nos preços chegam a 900%. Ainda assim, é interessante lembrarmos aos condutores que um percentual bem grande das multas de trânsito ainda podem ser revertidos em advertência. Isso inclui até mesmo multas que já se encontram vencidas.

Descontos

O Denatran anunciou pouco depois de noticiar o aumento das multas que estaria disponibilizando um app que irá oferecer aos condutores um desconto que pode atingir 40% do valor das multas. Entretanto, o fato é que poucos órgãos de trânsito nos diversos estados brasileiros estão preparados para dar suporte as notificações de forma eletrônica.

Veja também:  Isenção na Compra de Carros para Deficientes

Por Denisson Soares






4 comentários em “Nova Tabela de Multas – Valores das Multas de Trânsito a partir de Novembro 2016

  1. Josie Aparecida Nogueira Uzelin Mariano

    - Editar

    Responder

    Meu filho foi multado por não soprar o bafômetro, veio a notificação da multa de 7 pontos na CNH. Qual o valor da multa e gostaria de saber se ele perde CNH ou não? Por que na notificação não tá falando nada.

  2. Estava viajando numa rodovia estadual sem nenhuma placas de sinalização em todo o trajeto informando a velocidade máxima permitida. Fui multado por policiais itinerantes (com aparelho de medição que ficam um dia num lugaar em outro dia se locomavem para outro, etc). Esta correto esta multa? Esta correta a aplicação da multa se não existe nenhuma informação para os motoristas?

  3. Pedro Teixeira Guimarães

    - Editar

    Responder

    O medidor: velocímetro, acabara de quebrar, e houve a multa. Alguém pode nos ajudar com esta informação? Gratos, Pedro, bom dia.

Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.