Qual a diferença entre um motor a diesel e um flex?

  

Entenda a diferença entre um motor a gasolina ou etanol, e um movida a diesel

Hoje em dia temos duas alternativas de motores principais no Brasil: o bicombustível, o também conhecido como flex e o diesel. Muitas especulações há também sobre qual deles é o melhor, quando se trata de torque, custo e potência final. Todas as picapes fabricadas em território brasileiro hoje possuem versões de ambos os motores. Porém, esta análise é relativamente complexa e envolve diversos fatores, entretanto aqui iremos explanar somente como tais motores funcionam.

Ambos funcionam em quatro tempos

Primeiramente, ambos os motores possuem quatro estágios, são eles:

  1. Admissão: momento que ocorre a entrada de ar/combustível;
  2. Compressão: acontece a compressão da mistura admitida no estágio anterior;
  3. Explosão: aqui ocorre a explosão, devido a faísca elétrica da vela;
  4. Escape: este estágio permite que os gases formados sejam liberados.

Note que desconsideramos os motores de dois tempos, como aqueles presentes em motocicletas, neste artigo.




O motor que utiliza bicombustível, isto é, o flex, também conhecido como motor de combustão ou explosão funciona com ignição através da centelha, assim fazendo uso de uma vela de ignição, e utilizando como combustível tanto o etanol quanto a gasolina. É uma alternativa criada no Brasil, onde foi feito uma adaptação em seus motores originais a gasolina para que dessa forma tivessem uma maior flexibilidade.

Veja também:  Pane no Carro - O Que Fazer

O motor que tem o diesel como combustível, chamado também de motor de ignição por compressão, foi criado no ano de 1893 pelo engenheiro alemão Rudolph Diesel. Ele tinha como princípio para funcionar a combustão, que é provocada pela elevação da temperatura interna do ar na câmara de combustão de modo que a mesma atinja o ponto de auto-inflamação do combustível, assim que for comprimido o ar. Desta forma, não necessita de vela de ignição.

O combustível óleo diesel não é injetado na câmara de combustão da mesma forma que no bicombustível, ou seja, sob a forma de mistura com ar, mas sim introduzido sob uma pressão alta por meio de um injetor. No interior da câmara de combustão, o diesel se inflama ao entrar em contato com o ar quente, devido a forte compressão. É função da bomba realizar o fornecimento do óleo para cada injetor em alta pressão.

Veja também:  CNH Digital em Goiás

Logo, as principais diferenças são

  • motores a diesel têm uma taxa de compressão maior que os movidos a gasolina e etanol;
  • carros flex têm maior número de giros por minuto (RPM). Esta é a principal razão pela qual motores a diesel têm maior durabilidade;
  • motores a diesel, principalmente por precisar de menos giros, tendem a ser mais econômicos;
  • veículos a diesel tendem a vibrar mais que aqueles a gasolina ou etanol;
  • pelo maior giro, motores flex tendem a gerar maior velocidade final que motores a diesel de mesmo tamanho;
  • o torque tende a ser maior em motores a diesel.

Curiosidades

  • a manutenção dos motores a diesel tende a ser mais complexa (e, portanto, mais cara) que aquela para veículos movidos a gasolina ou etanol, embora sua durabilidade seja maior;
  • no Brasil, somente utilitários e caminhões podem ser movidos a diesel. Veículos de passeio são proibidos, desde 1976, a adotar o combustível;
  • na Europa, carros a diesel são os mais populares. É possível encontrar Smart, Renault Clio e outros pequenos com propulsores desse tipo;
  • em contrapartida, nos Estados Unidos, veículos movidos a diesel são raros. Mesmo caminhões pequenos costumam ser movidos a gasolina. A exceção fica por conta das carretas (18 wheelers), normalmente movidas a diesel;
  • há veículos Flex com diesel e etanol. A Iveco, por exemplo, lançou há alguns anos uma linha de caminhões que roda com até 85%, a Iveco Trakker Bi-Fuel Ethanol-Diesel, um pesado para 45 toneladas. Seu funcionamento, contudo, é similar ao de um motor a diesel, com ignição por compressão, sem velas. Daí a necessidade de haver um mínimo de diesel, um combustível de queima mais fácil, para que a centelha inicial se acenda. O caminhão não se encontra mais no site da fabricante.
Veja também:  Preços do Ford EcoSport 2018

Motor com 8 cilindros em linha






Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.