Fiat Chrysler: Carro sem motorista pode chegar em cinco anos

  

CEO da Fiat Chrysler afirma que carro autônomo pode ser realidade em cinco anos

Não faz muito tempo a notícia de que o Google e a Fiat Chrysler se juntaram em uma pareceria tomou conta do noticiário. O objetivo final é aprimorar e colocar logo em prática os conceitos de carros autônomos. Mas para quem acha que o plano era bem mais para frente pode se surpreender. Ao menos segundo o pensamento do presidente da montadora Fiat Chrysler (FCA).

Sergio Marchionne comentou sobre a parceria e avaliou que os carros autônomos, completamente sem a presença de um motorista, já podem estar circulando nas ruas dentro de um prazo de cinco anos.

Veja também:  Ter Carro Próprio ou Usar Uber - Qual é Melhor?

De acordo com ele o desenvolvimento de um veículo autônomo tem uma grande importância e uso na vida real. O que leva a crer que não é algo tão distante do nosso cotidiano. O mais interessante é o otimismo do presidente. Em declaração para a imprensa ele destacou que enquanto as pessoas falam de coisa de 20 anos nos planos dele não levará os cinco citados.

A “casa mãe” do Google, a Alphabet, anunciou na última semana que havia encomendado 100 unidades do modelo Pacifica (minivan) com a finalidade de praticamente dobrar a frota usada nos testes para a criação do tão falado veículo sem motorista que, provavelmente, irá carregar o nome Google Car.

Veja também:  Carros com Menor Custo de Manutenção

O processo para agilizar os trabalhos será resultado de uma parceria de engenheiros da FCA com os colegas integrantes da Alphabet. A ideia é que seja possível chegar a uma versão que seja perfeitamente adaptada e que tenha uma integração sem nenhum problema entre os computadores com os programas e sensores de direção autônoma do Google.




O projeto em si deve custar muito caro. Mas sobre esse ponto o presidente da FCA não quis dar nenhum tipo de detalhe.

O próximo passo que se espera da parceria é que seja mais rápido o processo de adequação da tecnologia de direção do Google junto às unidades da Chrysler Pacifica.

Veja também:  Detran libera Foto da CNH Sorrindo

A título de curiosidade essa é a primeira vez que uma empresa originária do Vale do Silício se une a uma montadora com a finalidade de trabalhar em um projeto de carro autônomo.

A união promete trazer resultados mais amplos. Mesmo assim, outras montadoras não querem ficar para trás e também trabalham em seus próprios projetos de carros autônomos.

Por Denisson Soares






Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.