Primeiro carro movido a hidrogênio líquido poderá ser lançado em 2018

  

Rasa é o nome do carro que será o primeiro modelo movido a hidrogênio líquido.

Há anos as montadoras buscam desenvolver um veículo biosustentável, principalmente devido aos resíduos químicos depositados na atmosfera e a possível escassez do petróleo dentro de algumas décadas. Segundo rumores, o primeiro modelo movido a hidrogênio líquido poderá ser lançado ainda nos próximos anos, precisamente em 2018.

A empresa Riversimple Movement Rasa – que possui sede em Gales, no Reino Unido – apresentou o primeiro modelo conceito, desenvolvido com auxílio do governo inglês, que concedeu a empresa 2 milhões de libras, algo em torno de 11.5 milhões de reais. O exemplar possui o nome de “Tabula Rasa” (também conhecido como Rasa), em homenagem ao filosofo grego Aristóteles, que utilizou a expressão para descrever uma ideia que nasce sem base prévia.

Veja também:  Volkswagen Fox - Preços, Versões, Ficha Técnica

O modelo conta com design exterior de um Hatch clássico, que visto de frente lembra bastante o modelo New Beatle da Volkswagen, principalmente  na parte dos faróis de projeção dianteira. O novo conceito também traz portas “asas de gaivota”, em referência aos antigos modelos Mercedes-Benz.

O Rasa pesa aproximadamente 580 Kg, bastante leve em relação aos modelos convencionais, como o Fiat Uno, por exemplo, que pesa uma tonelada. Além disso, a empresa utiliza uma célula de combustível com potência de 11,4 cv capaz de gerar a quantia de eletricidade necessária para mover o veículo e ampliar sua capacidade de aceleração.

Em seu interior o modelo possui apenas dois lugares e design simples. Infelizmente, o isolamento acústico interno não é dos melhores, absorvendo muito do ruído externo.

Veja também:  Carros de Entrada Mais Vendidos - 1º semestre de 2017

A base aerodinâmica produzida em fibra de carbono do veículo permite que o veículo atinja a velocidade máxima de 100 Km/h em apenas dez segundos, o que o torna ideal para dirigir em território urbano. Vale apena ressaltar, que o modelo conta com autonomia de até 480 quilômetros sem recarga de combustível.




Vale ressaltar, que mesmo que o veículo biosustentável seja lançado em 2018 o modelo não deverá ser comercializado, pelo menos inicialmente. O objetivo principal da empresa é alugar o veículo para empresas, que deverão usufruir do veículo até atingir a quilometragem estipulada pela fabricante. Após atingir a quilometragem o cliente deverá devolver o veículo para a fabricante, sem que haja maiores preocupações.

Veja também:  Fim do JAC J2, J3, J5 e J6 no Brasil

O modelo passará por testes de desempenho com vinte clientes ainda no final desse ano, para que haja um aperfeiçoamento antes da comercialização em 2018.

Por Wendel George Peripato

Rasa

Rasa

Fotos: Divulgação






Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.