Passar na lombada de lado danifica o carro?

  

Com as cidades cada vez mais povoadas pelas lombadas, é preciso um cuidado redobrado com elas. Não é por acaso que seu nome popular é “quebra-molas”. Esses obstáculos nas ruas são capazes de danificar a suspensão de seu carro, além de causar outros transtornos aos motoristas, como a famosa “raspada” no inferior do carro.

Para evitar problemas, alguns motoristas preferem passar com o carro de lado nas lombadas, como forma de amenizar o impacto no veículo. Mas os especialistas alertam que a prática é prejudicial não só aos amortecedores do carro, mas também podem forçar seu rolamento e seus amortecedores, além de causar estresse em certas partes da carroceria, o que pode causar barulhos ao rodar.

Veja também:  Rodas Esportivas - Tipos e Dicas de Como Escolher



Então, a malhor forma de passar por cima de uma lombada é mesmo de frente e mantendo a marcha lenta. Dessa forma, as duas rodas dianteiras do veículo passam ao mesmo tempo sobre a lombada, fazendo com que o movimento de subida e descida comum nesses casos, seja regular, sem prejuízos ao carro.

É preciso também, estar atento aos obstáculos nas vias. Frear de forma brusca também não é aconselhável. Geralmente as lombadas são sinalizadas. Prestar atenção na sinalização é a melhor forma de evitar sustos e prejuizos, já que as lombadas geralmente são colocadas em locais de maior velocidade, justamente para que haja uma redução da velocidade dos motoristas no local. O procedimento correto ao avistar uma placa de sinalização de lombada é reduzir a velocidade antes e depois de passar pelo obstáculo soltar o freio normalmente.

Veja também:  Ford Fiesta 2018 - Especificações do novo modelo

Mas e quando as lombadas estão em subidas ou descidas? Esse tipo de obstáculo é um dos mais traiçoeiros, pois nessas situações a tendência é que a velocidade seja maior. Nesses casos o indicado é frear o veículo aos poucos e diminuir a marcha. Em seguida, o procedimento de passar de frente, com as dias rodas ao mesmo tempo deve ser seguido. Dessa forma, a passagem pela lombada não trará nenhum prejuízo, mesmo em lugares de subida ou descida.

E as motos?

Quem destá sobre uma motocicleta deve ter a mesma atenção dos condutores de veículos. As lombadas não devem ser encaradas como rampas de saltos, para evitar riscos à sua segurança e aos demais motoristas da via. O procedimento correto é levantar-se um pouco da moto, se apoiando em suas pedaleiras, a fim de suavizar a passagem pelo obstáculo. Frear ao chegar na lombada também é um procedimento padrão para os motocilistas.

Veja também:  Cuidados com a Troca de Rodas por Outra Maior





Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.