Novo Suzuki SX4 S-Cross – Preço e Lançamento


Suzuki lança Novo SX4 S-Cross no Brasil. Carro chegará às concessionárias por R$ 74.900 e irá concorrer com o Honda CR-V.

Nesta semana, a Suzuki lançou o seu novo crossover SX4 S-Cross. O veículo chega às concessionárias para concorrer diretamente com o Honda HR-V, que foi lançado no início deste mês de abril e que está sendo um tremendo sucesso de vendas.

O principal diferencial do Suzuki SX4 S-Cross é a presença de tração 4X4 em parte das versões do carro, coisa que não existe no Honda HR-V e Peugeot 2008. Apesar disso, um carro deve dar trabalho ao novo Suzuki é o Renault Duster, que além de ser maior, também possui tração 4×4.

O Suzuki SX4 S-Cross será vendido em quatro versões diferentes: 2WD MT GL, 2WD CVT GLX, 4WD CVT GLX e 4WD CVT GLS.

O SX4 S-Cross 2WD MT GL é a versão de entrada do veículo. Ela custa R$ 74.900 e conta com ar condicionado, câmbio manual de cinco marchas, sistema multimídia com bluetooth, tração dianteira 4×2, rodas de liga leve aro 16, freios  com ABS, EBD, BAS e BOS, controle de tração, controle de estabilidade, bancos com Isofix para cadeirinhas, assistente em rampas, airbag, cintos com pré-tencionador, entre outros itens.

Veja também:  Lançamento da Nova Geração do Ford Fiesta na Europa

Já o SX4 S-Cross 2WD CVT GLX custa R$ 88.900 e vem equipado com tração 4×2, bancos com revestimento de tecido, rodas de aro 17, câmbio automático CVT, aletas de troca de marchas no volante e ar condicionado digital.

Com relação ao S-Cross 4WD CVT GLX, ele custa R$ 95.900 e vem com tração integral, selecionador de modo de condução, bloqueiro do diferencial, além de revestimento em couro branco nas portas e bancos.





Por fim, o S-Cross 4WD CVT GLS é a versão top de linha do veículo. Ele custa R$ 105.900 e vem com tração 4WD, câmbio automático CVT, faróis com facho bi-xênon e pontos de LED para iluminação diurna, rodas de aro 17, teto solar elétrico com dupla abertura, além de sistema multimídia touchscreen de 8 polegadas e sistema operacional Android, capaz de se conectar com smartphones (por wi-fi) e realizar download de aplicativos. Um detalhe importante de se mencionar é que esta versão possibilita ainda que o usuário personalize a carroceria e o teto do carro com cores diferentes, este serviço custa R$ 1.000 além do preço do carro.

Veja também:  Volvo XC90 Turbodiesel 2017 - Lançamento e Preço

Recall de Veículo:

Nesta semana, a Suzuki também anunciou que irá realizar um recall de mais de 2 milhões de veículos. O problema é que foi constatado um problema na chave de ignição de alguns veículos produzidos entre 1998 e 2009. Este problema abrange modelos vendidos no Japão (principalmente), Austrália e no Mercado Europeu. A empresa aproveitou para salientar que não houve registro de acidentes por causa deste problema.

Fotos: Murilo Mattos/Divulgação



Anuncie seu carro no Carro Bonito. Mais de 1 milhão de visualizações mensais. Grátis por tempo limitado. Condições especiais para lojistas.

  • Jardel Lopes

    Belo carro, mas o preço está bem além do real custo. Infelizmente no Brasil coisa boa ainda é abusivamente cara.

  • rose mari

    gostei , achei muito caro aliás os carros em geral no Brasil.

  • Fagner

    Bom carro.
    Já tive a experiência de rodar em um suzuki e digo, Carro bom forte bonito confortável tem acabamento de qualidade com bom espaço. Como eh um SUV ou CROSSOVER bebe um pouco do que gostaríamos mas comparando com os populares 1.0 litro que fazem 8 a 12 por litro e custam 35 a 45 mil quando chamados de completos não tem como comparar. Rodo de boa no consumo de 8 a 10 por litro.
    Gostaria que a Suzuki conseguisse colocar valores um pouco mais acessíveis na faixa se 10 a 20% menos para competir bem com seus rivais…
    E assim mudar a cabeca de muitos quanto a qualidade dos carros de nosso mercado.
    Kero um deste…
    Compraria fácil.

  • Itamar Lima

    O problema também está na gasolina. Minha Tracker (motor Suzuki) faz 11,5 com gasolina aditivada do RN e PB na estrada. Já com a do CE, onde moro, nunca chegou a 9,6 km/l. Alem de custar até 20% a mais. Nem tudo por aqui é justo, bonito ou agradável. 🙁