Quais os principais problemas da suspensão de um carro?

  

Confira aqui o que você precisa saber para quando tiver um problema no carro relacionado a suspensão.

Quando falamos de manutenção em um veículo automotores, a maioria dos proprietários deste tipo de veículo tem muito receio quando o problema do carro é oriundo da suspensão, uma vez que grande parte deles sabe que esse tipo de serviço fica caro.

O modo mais simples de se evitar problemas na suspensão de um veículo é não exceder o peso de carga máxima permitido que é diferente para cada modelo e categoria de veículo, bem como a forma com que o condutor dirige o seu veículo, uma dica muito válida é não passar muito rápido por cima de lombadas e buracos, haja vista que no caso deste último o aconselhável realmente, se possível, é desviar deles.

Veja também:  Kia Sportage 2018 - Características, Especificações

Contudo, se porventura você estiver em dúvida a respeito da suspensão a melhor forma de identificar os problemas são os ruídos emitidos e as vibrações excessivas em pisos irregulares, além do excesso de oscilação sentida pelo condutor ao entrar em curvas ou desvios.

Os principais problemas que podem ser encontrados em um veículo são: elos ou espirais das molas amassados ou batidos, quebra da mola e pintura da mola descascando.




Caso os elos ou os esperais das molas estejam amassados ou batidos o veículo terá perdfa estabilidade, serão ouvidas batidas secas oriundas da suspensão, além do desgaste prematuro dos pneus, amortecedores, coxins, batentes e outros componentes que também compõem a suspensão, isso acontece, normalmente, quando a mola da suspensão perde parte da sua ação, assim defletindo de modo a bater os seus próprios elos.

Veja também:  Calendário IPVA SP 2018

já quebra da mola que é um dos problemas mais graves que podem existir ocorre a ruptura de um dos elos da mola, fator este que provoca de modo imediato um desnivelamento da altura do veículo e pode ocasionar, possivelmente, a perda de controle do veículo e consequentemente um acidente bastante grave.

Se os elos ou espirais das molas estiverem com a pintura descascando, ao olhá-los você verá sinais de ferrugem, o que destrói aos poucos o tratamento dado ao aço e propicia para que haja o surgimento de microtrincas e consequentemente a quebra dessas peças.

Por Adriano Oliveira






Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.