Etanol Aditivado – Diferenças e Será que Vale a Pena?

  

Conheça um pouco mais sobre o Etanol Aditivado. O Que é, quais são as diferenças para o Etanol Comum e quais são suas vantagens e desvantagens.

O combustível utilizado em um veículo é o item que pesa mais no bolso do consumidor, em alguns casos, o motorista chega a pagar cerca de R$ 160 pare encher um tanque vazio. O consumidor possui várias opções de combustíveis, entre ele está o Etanol Aditivado. Mas será que vale a pena utilizar o etanol comum ou o aditivado?

O etanol aditivado pode ser uma opção para abastar os modelos que possuem motor flex. A empresa Shell é bastante conhecida por disponibilizar esse tipo de combustível. Já a Petrobras não se pronunciou a respeito.

Vale a pena pagar mais pelo etanol aditivado? Segundo a Shell, o etanol possui dispersantes e detergentes, que garantem a limpeza do motor, assim como ocorre com a gasolina. Dessa forma, há a criação de uma camada protetora entre o propulsor e o combustível, o que reduz o desgaste natural do motor.

Veja também:  Envelopamento de Carros - Técnicas, Dicas

A proposta da empresa é segura, já que é preciso enviar um relatório para a ANP, detalhando quais os benefícios do combustível aditivado para o motor. Durante testes da empresa, foi comprovada uma maior economia de combustível em relação ao etanol comum.

Nem todos consumidores terão benefícios econômicos com a troca de etanol comum para o aditivado. É preciso levar em consideração o estado do veículo e os hábitos do motorista.

Antes de utilizar qualquer combustível aditivado é preciso verificar se existe entupimento no filtro do motor, para que não haja problemas ao utilizar o novo método. A petrolífera recomenda que a migração para o etanol aditivado seja gradativa se o veículo possuir mais de 5000 km, caso contrário não será preciso.

Veja também:  IPVA PR 2018 - Valor e Descontos no Paraná



O desempenho do veículo com etanol aditivado é maior do que abastecido com o comum, já que o motor limpo ajuda a manter a potência do veículo. Dessa forma, o etanol aditivado aumenta a duração do motor e o desempenho nas pistas, garantindo maior economia ao motorista.

Existem quatro tipos de etanol combustível no mercado: o Etanol Hidratado, o Etanol Anidro, o Etanol Aditivado e o Etanol Adulterado.

O Etanol Hidratado nada mais é do que o etanol comum, que também é utilizado na produção de bebidas, alimentos, cosméticos, aromatizantes, produtos de limpeza, remédios, vacinas, entre outros produtos. Vale lembrar que nestes outros produtos muda-se o processo de pós-fabricação. Ele é produzido através de Cana-de-Açúcar, Milho, Beterraba, entre outros vegetais.

Veja também:  Fim do Renault Fluence no Brasil

Já o Etanol Anidro nada mais é do que etanol que é misturado na gasolina. A principal diferença deste etanol é que ele possui uma graduação alcoólica próxima de 100%. Para chegar a este valor o etanol passa por um processo de desidratação para a retirada da água em sua composição.

Com relação ao Etanol Adulterado, ele é ilegal e em sua composição existem substância proibidas ou em quantidades ilícitas. Geralmente a inclusão destas substâncias é feita para baratear ainda mais o custo do combustível, dando mais lucro aos comerciantes.

Foto: Manoel Marques/VEJA/VEJA

Por Wendel George Peripato






2 comentários em “Etanol Aditivado – Diferenças e Será que Vale a Pena?

Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.