Rolls-Royce Phantom Serenity aparece em Genebra




A montadora Rolls-Royce Motor Cars apresentou durante o evento Salão de Genebra a nova edição Senerity do modelo Phantom. O novo conceito da empresa revela um novo padrão autentico e luxuoso, que demonstra claramente a tradição e comprometimento da empresa em oferecer modelos personalizados. O modelo foi construído para agradar a cultura japonesa e inspirado na realeza japonesa

Os designers da empresa trabalharam arduamente para tornar a nova edição tão bela como nunca antes.  A pintura branca perola do modelo levou cerca de doze horas para ser polida manualmente, e hoje é considerada a pintura mais cara da história automobilística britanica.


Internamente o veículo também recebeu atenção especial. O tecido utilizado para fazer com que os painéis do modelo sejam únicos, foi importado diretamente da China. Além disso, o estofamento possui dois tons de cores e possui desenho de flores por toda cabine interna. Segundo informações da empresa, são necessárias 600 horas para deixar cada veículo como o protótipo apresentado.

Veja também:  Mitsubishi L200 Triton 2019 - Primeiro Facelift na Tailândia

 Foram utilizados diversos materiais nobres em todo veículo, como por exemplo, a madeira cereja. Os outros veículos da empresa receberam acabamento em bambu.

Vale lembrar que os modelos personalizados são considerados pelos proprietários e admiradores como "os melhores carros do mundo”. A empresa é conhecida por receber vários pedidos de modelos personalizados, e atender a cada pedido.


A nova edição conta com motor V12, transmissão automática de oito velocidades que promete diminuir o consumo de combustível em até 10%.

O modelo Phantom original custa em média R$1.145 milhões no país. Sendo capaz de atingir a velocidade máxima de 250 km/h. O veículo chega de 0 a 100 km em 5,8 segundos, o que é ótimo para o segmento que o engloba.

Veja também:  Salão do Automóvel de São Paulo 2018 - Novidades Aguardadas

A empresa não divulgou notas sobre o preço da edição especial Serenaty, já que a versão é apenas um exercício de estilo e permanecerá sendo único, não tendo previsão de venda.

Por Wendel George Peripato

Relacionados



Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.