Sistema de Arrefecimento – Como diagnosticar um problema no carro?



Vários condutores de veículos quatro rodas já tiveram experiência de parar o veículo em algum lugar e notar uma fumaça do capô se manifestar, fazendo com que a luz que marca a temperatura do líquido de arrefecimento se acenda. Outro problema que acontece é o motorista estar dirigindo por uma estrada em um dia de temperatura mais fria e notar que o veículo está consumindo mais combustível, além de o aquecedor não funcionar.

Situações como as supracitadas são sintomas que o arrefecimento do veículo está inoperante e/ou ineficiente. Mas como ter certeza que o problema é mesmo esse? A resposta é que não é preciso ser mecânico para diagnosticar a incômoda situação, bastando apenas uns 50 minutos de trabalho para constatar a irregularidade e fazer uma verificação.



Num primeiro momento, é importante perceber quando o carro exige o trabalho em alta temperatura, já que isso pode ser em virtude de falhas em variados componentes do sistema de arrefecimento; outra medida é observar se há vazamentos, conferindo se o líquido de arrefecimento está no nível correto, além, é claro, da conferência da temepratura operacional.

Geralmente, quando se tem vazamentos nesse sistema, os problemas estão nas magueiras sque fazem o elo entre os componentes, tendo uma magueira inferior e outra superior ao motor, mais duas mangueiras do aquecedor; o vazamento também pode ser constatado se observando o exterior do radiador e os anéis e/ou braçadeiras que prendem as mangueiras.



Outra medida é, após o carro tiver esfriado, remover a tampa do radiador e conferir o funcionamento do termostato, que se estiver em pleno funcionamento permitirá que se veja o fluxo do líquido, mas caso esteja com problemas estará travado e será necessário que seja feita a substituição.

Leia também:  Fiat Toro passa por Testes em Brasília (DF)

Lembrando que as medidas acim são manutenção e verificação em primeiro escalão, ou seja, caso seja algo mais complexo é indispensável a análise por um profissional competente, que analisará os demais componentes do sistema, como funcionamento correto das ventoinhas ou até mesmo um radiador obstruído.

Vinícius Cunha

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.