Tirar Carteira de Motorista está Mais Caro em 2015



O sonho de muitos brasileiros é ter um automóvel ou uma motocicleta. Porém, antes de tudo é necessário saber dirigir o seu respectivo veículo. Por isso, é necessário dispor da Carteira Nacional de Habilitação em sua categoria desejada. E para aqueles que desejam tirar sua CNH em 2015, saibam que o preço para tal ação sofreu um leve aumento. Esse aumento para tirar a CNH é resultado direto da resolução nº 493 do Conselho Nacional de Trânsito, o Contran. Confira mais detalhes sobre este assunto na continuação desta matéria.

A resolução nº 493 da Contran alterou diretamente a carga horária das aulas que são necessárias para se tirar a primeira habilitação na categoria B, para carros. Vale ressaltar que a carga horária saltou de 20 horas para 25 horas. Dessa forma, é esperado que o interessado deva gastar cerca de 23,8% a mais com valores brutos em autoescolas de todo o país.

Veja também:  Mudanças para a Renovação da CNH

A média cobrada por 20 horas/aula, além do veículo na hora da prova do Detran, é cerca de no mínimo R$ 800,00. Porém, com a nova resolução esse número deve saltar para mais de R$ 1.000,00.

Além disso, vale ressaltar que os motoristas que desejam tirar a carteira de habilitação para a categoria A, referente a motos, também irão encontrar mudanças referentes à carga horária. Agora serão nada menos que 20 horas/aula, um aumento de 5 horas/aula em relação às 15 horas/aula antes da resolução nº 493.



É importante destacar que os valores aqui citados são bastante variáveis, pois o valor total para tirar a Carteira Nacional de Habilitação varia bastante de acordo com cada região, Estado e até mesmo cidade. Por isso, os valores finais podem ultrapassar até mesmo a casa de R$ 1.500,00, pois muitos lugares do Brasil possuem elevado valor para a retirada da CNH e com o aumento previsto tudo tende a aumentar ainda mais.

Veja também:  Mudanças para a Renovação da CNH

Para mais detalhes sobre o informado, o usuário poderá acessar o site oficial do Detran na página da Cotran.

Por Bruno Henrique




Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.