FSO Polonez – História e características do antigo carro



Em 1978 a FSO assumiu um projeto próprio que daria origem ao Polonez. O carro era um hatchback médio com cinco portas que contava com faróis circulares e o para-choques acompanhando o desenho do carro. O carro contava com bom espaço interno, bancos dianteiros reclináveis, volante com altura ajustável e um painel que lembrava muito no que diz respeito aos instrumentos presentes nos antigos Fiat.

O carro contava com um motor de 1.3 litros com potência de 65 cavalos capaz de ir de 0 a 100 km/h em 22 segundos ou de 1.5 litros com potência de 74 cavalos e que faria 0 a 100 km/h em 17,5 segundos. O carro possuía tração traseira fornecida pelo câmbio manual de quatro marchas. Uma versão mais potente foi produzida para atender especialmente a grandes oficiais do governo. Essa versão chamada 2000 contava com um motor 2.0 litros da Fiat capaz de gerar ao conjunto 110 cavalos de potência.

Veja também:  Novo Chevrolet Equinox 2020 - Novidades


Durante a Guerra Fria, o mercado do leste europeu se moveu de maneira muito diferente do mercado ocidental. Ao contrário da lógica consumista, com produtos com prazo de validade curto para estimular o consumo, a Europa oriental produzia automóveis duradouros com projetos que durariam décadas. O mercado não era muito concorrido e não havia tanta necessidade de evolução técnica. Nessa geração e com essa ideia ocorreu a produção do FSO Polonez, que atuou na Polônia de 1978 até 2002. A Fabryka Samochodów Osobowych (FSO), em português “fábrica de automóveis de passageiros”, foi fundada em 1951 quando começou a produzir o Warszawa. O Syrena foi produzido em 1957, sendo um dos modelos mais populares da empresa.

Veja também:  Toyota Corolla 2020 - Novos Preços

Em 1965 a FSO realizou um acordo com a Fiat para produzir carros licenciados pela marca italiana. O primeiro modelo a ser produzido na época foi o 125p que era uma combinação do Fiat 125 com o motor dos antigos 1300 e 1500. O carro parou de ser fabricado em 1991 e teve mais de 1,4 milhões de unidades vendidas. Essa parceria teve grande importância no desenvolvimento do Polonez, que conta com claras linhas de inspiração nos antigos Fiat.



Por Nosf

FSO Polonez

Foto: Divulgação

Inserir um comentário

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.