Mercado de automóveis não deve ter crescimento de vendas em 2015



O ano de 2015 mal começou. Entretanto, o que persistia nos anos anteriores parece que vai permanecer neste. A maioria das companhias nem sequer está criando algum tipo de perspectiva em relação ao crescimento das vendas. Para se ter ideia desse “limite” a maior parte delas deverão fazer lançamentos pontuais nesse ano.

A explicação para isso está na queda mais do que significativa que o mercado apresentou nos últimos tempos. Tendo em vista isso, as principais marcas deverão trabalhar mais nos investimentos em novos segmentos que possibilitam uma maior participação no mercado do que em “upgrades” e renovações de produtos.



Vale destacar também que devido a citada queda nas vendas os investimentos já foram em parte perdidos. Então seja lá o que for que se estiver planejando para este ano deve ser algo mais certeiro, menos passível de apresentar desperdício.

De uma maneira geral podemos ver que 2015 será um ano de incubação. Ou seja, as montadoras deverão preparar seus próximos passos e ações no lugar de saírem lançando novos produtos no mercado. Para entender melhor basta vermos a situação da seguinte forma: Se o mercado de automóveis do país melhorar os projetos ganham contornos reais. Se não, ficam na “reserva” por mais algum tempo até que o mercado se mostre mais propício e menos arriscado.

Veja também:  Como Legalizar Carros Rebaixados?

Abaixo comentamos um pouco sobre alguns dos objetivos de algumas das principais marcas do país para 2015. Confira:



Fiat – A empresa permanece na liderança do mercado há muitos anos. Mesmo assim no ano passado ela acabou perdendo um bom pedaço de espaço no mercado porque não contou com o Mille em sua tabela de modelos. De fato, há planos para um sucessor do modelo, a questão é que só deve aparecer em 2016. Mas para 2015 o que se espera mesmo é o lançamento de sua picape média inédita. A previsão é de que o modelo apareça no final do ano.

Chevrolet – De imediato a GM deverá usar 2015 como um período para transições. Vale lembrar que nos últimos anos os investimentos da companhia foram grandes (sem contar os gastos com recalls). O que se deve esperar são os resultados que deverão ser apresentados ao mercado pelo Prisma e pelo Onix. Mas ao que parece o melhor vem mesmo em 2016 com novos lançamentos e substituições de produtos.

Veja também:  Toyota Corolla 2019 - Ficha Técnica, Características

Volkswagen – Para a Volks 2014 foi um ano sofrido. Aliás, dentre todas as marcas ela foi a que mais sofreu. O Gol continuou figurando entre os carros mais vendidos. Entretanto, os dois principais lançamentos da companhia, o Fox renovado e o Up! não chegaram a empolgar muito os consumidores. É bom lembrar que VW anda trabalhando no Golf VII nacional. Mas já é bom avisar que preços mais em conta estão fora da pauta da montadora.

Por Denisson Soares



Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.