Novos Combustíveis Veiculares Usados no Brasil



No Brasil, várias alternativas de combustíveis já foram utilizadas nos veículos automotores, a fim de diminuir os gastos dos consumidores, bem como reduzir a quantidade de poluentes que são emitidos na atmosfera. Algumas alternativas já surgiram no mercado, tais como o gás natural veicular, que ficou pouco tempo no auge no mercado. Uma alternativa que vem suprindo essa necessidade é o álcool combustível (etanol), uma vez que foram criados os carros Flex para incentivar um maior consumo deste combustível, tendo em vista que o álcool combustível é um recurso renovável, diferentemente do petróleo, que é a matéria prima da gasolina.

Diante desse contexto, outras alternativas de combustíveis estão sendo lançadas no mercado brasileiro. A primeira dessas alternativas são os carros movidos a energia elétrica, essa é uma opção politicamente correta, devido ao fato de não poluir e deixar os veículos automotores mais silenciosos. No Brasil, o número de veículos elétricos vem crescendo, pois segundo dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), no ano de 2012 havia no Brasil menos de 100 veículos elétricos, porém, até o mês de agosto do  ano de 2014 foram licenciados 558 veículos automotores elétricos no Brasil.



Outra alternativa bastante interessante de combustível foi o Biometano, que chegou recentemente ao mercado brasileiro através das empresas Scania e Itaipu, com o lançamento do primeiro ônibus movido a Biometano do mundo.

Para quem não conhece o Biometano, esse combustível é um gás oriundo dos dejetos de aves poedeiras, segundo os estudiosos esse tipo de combustível emite 70% menos poluentes do que os tradicionais ônibus movidos a diesel. Essa é mais uma novidade que chegou do exterior ao mercado automobilístico brasileiro, contudo a Agência Nacional de Petróleo (ANP) está realizando uma consulta pública, a fim de regulamentar o uso do Biometano como combustível veicular, já que no Brasil há somente este protótipo trazido por essas empresas para testes.

Leia também:  Honda HR-V ganha site oficial e novo teaser divulgado


Então, novas tecnologias de combustíveis automotores estão chegando ao país para  tentar substituir o velho e conhecido petróleo e seus derivados como combustível veicular, mas essa mudança irá demorar anos devido à falta de investimento nessas propostas.

Por Adriano Oliveira

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.