Citroen C4 Lounge THP Flex une injeção direta bicombustível e motor turbo

  

A Citroën, depois de apresentar o modelo ao público durante o Salão do Automóvel de São Paulo, lançou no mercado brasileiro o C4 Lounge THP Flex, primeiro carro do segmento a unir injeção direta bicombustível e motor turbo, até então feito apenas pela BMW nos modelos 320i e 328i. Com isso, o sedan médio da marca francesa deixa de ser abastecido apenas com gasolina, tornando-o mais atraente aos olhos do consumidor brasileiro. Além disso, o C4 Lounge THP (Turbo High Pressure) Flex ganhou controle eletrônico de estabilidade (ESP) como equipamento de série nas versões Tendance e Exclusive. O sedan médio da Citroën chega às concessionárias da marca com preços a partir de R$ 78.790.

Veja também:  IPVA SP 2018 - Desconto para Quem não Tiver Multa

Parece uma mudança pouco importante, mas a Citroën perdia interessados no sedan pelo simples fato do carro não contar com motor bicombustível. Outro ponto importante é que, com a modificação no bloco 1.6 Turbo o C4 Lounge passa a entregar até 173 cv de potência quando abastecido com etanol, ante os 165 cv quando o carro conta com gasolina no tanque de combustível. O torque com as duas opções de combustível foi mantido em 24,5 kgfm. Somado à nova opção de combustível e o aumento de potência, o C4 Lounge THP Flex ainda ganhou o controle eletrônico de estabilidade (ESP) e uma nova geração da transmissão automática de seis velocidades, que, de acordo com a marca francesa, passou por melhorias para garantir maior conforto aos ocupantes do veículo e que é 7,5% mais eficiente em relação ao consumo de combustível.

Veja também:  Chevrolet Montana 2018 - Especificações, Ficha Técnica

Denominada de AT6 III, a nova geração de câmbio automático ficou mais compacta, sofreu uma redução em seu peso e ainda teve a relação de marchas alongadas em 11%, com passagens de marchas modificadas para serem mais eficientes e suaves. Para tal, a marca francesa incluiu um novo conversor de torque e a função RDT (Redução de Tração), que reduz as vibrações do carro em marcha lenta quando o câmbio está na posição Drive, como por exemplo, quando o condutor está aguardando no sinal vermelho.

Para poder produzir o bloco THP bicombustível a Citroën teve que equipar o motor com materiais para resistir à maior corrosão propiciada pelo uso do etanol, entre outros detalhes, como o ajuste na bomba de combustível, sensor de medição do nível de etanol, nas velas, reforços mancais do turbo e até na sensibilidade do acelerador.

Veja também:  Pagamento e Parcelamento de Multas de Trânsito no Cartão

Por Caio Polo




Citroen C4 Lounge THP Flex

Citroen C4 Lounge THP Flex

Citroen C4 Lounge THP Flex

Fotos: Divulgação






Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.