Volkswagen do Brasil terá novo presidente





Depois de presidir a VW do Brasil por sete anos, Thomas Schmall deixará o posto mais alto daqui para assumir um posto no conselho da empresa na sede alemã. A informação vem da própria matriz que também afirmou que o novo presidente no país será David Powels, atual chefe da empresa na África do Sul. O executivo será o responsável pelo setor de componentes no conselho de administração da Volkswagen. Ele ocupará o lugar de Werner Neubauer, que se aposenta no fim deste ano.

Esta é a segunda passagem do executivo pelo Brasil. A primeira aconteceu entre os anos de 1999 e 2003, quando ele exerceu o cargo de diretor na unidade de São José dos Pinhais (PR). O novo presidente da Volkswagen do Brasil iniciou sua carreira na companhia 1989 na área contábil ainda na África do Sul. Ele ocupou diferentes cargos também na Alemanha, principalmente na Audi, marca que integra a Volkswagen AG. No ano de 1998, ele voltou  trabalhar na unidade África do Sul como diretor financeiro.

Veja também:  Novo Hyundai Azera 2020 - Novidades, Mudanças e Preço



Na primeira passagem pelo Brasil, David Powels chegou à vice-presidência de finanças e estratégia corporativa para o país. Isso em 2002 e após cinco anos voltou para a África do Sul, para ser diretor.

O momento de retorno de Powels acontece em um momento um pouco delicado. Isso porque a marca perdeu o status de empresa com o carro mais vendido no mercado. Apesar do Gol ser o carro mais vendido na história do país, neste ano ele perdeu a liderança para o Palio, da Fiat. E não é só isso, as vendas em geral diminuíram em 13,7% de janeiro a outubro, sendo esta a maior queda da empresa no país.


Veja também:  Troller T4 Trail 2020 - Novidades e Preço

Em 2015, a VW lançará dois novos modelos feitos aqui: o Jetta, o sedan Premium da empresa, que será produzido na unidade de São Bernardo do Campo (SP) e a sétima geração do Golf, que será fabricado em São José dos Pinhais (PR).

Por Robson Quirino de Moraes

Volkswagen



2 comentários em “Volkswagen do Brasil terá novo presidente

  1. Não sei onde me reportar, mas gostaria de mostrar minha insatisfação com a VW Brasil. Enquanto a concorrência lança SUVs de todos os modelos e preços, picapes entre as pequenas e “grandes” tendo como exemplo a Toro da Fiat, versão de produtos cheios de plásticos dizendo serem aventureiros (mas que todo mundo compra e gosta), a VW insiste neste carrinho de brinquedo que é o UP! e pior, deixa o Gol de lado que foi o carro mais vendido do Brasil durante mais de uma década. Porque não relançar a Parati (até hoje muitos não entendem a descontinuação deste produto) com todos os penduricalhos que os Fiat tem, ou uma SAVEIRO SUPER igual a Toro, ou um SUV da SAVEIRO? Não consigo entender os Executivos de uma empresa tão grande não enxergarem estes exemplos citados, e são produtos que vendem (visto as vendas da Fiat nestes seguimentos citados). Depois vêm dizer que é a crise. Espero que este meu comentário chegue a algum todo poderoso lá de cima e reflita.

Deixe uma resposta para Vanda Mendes Cancelar resposta

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.