Ford Mustang Shelby GT350 – Nova geração será apresentada no Salão de Los Angeles



A Ford, após longo tempo de ausência de mercado, resgatou o clássico Shelby GT350 para dar ainda mais força à sexta geração do Mustang. Revelado oficialmente antes do Salão de Los Angeles, que tem início no dia 21 de novembro, o novo Mustang Shelby GT350 é a aposta da Ford para brigar diretamente com o rival Chevrolet Camaro Z/28, além de outros Muscle Cars que é vendido no mercado norte-americano.

Visualmente, o Ford Mustang Shleby GT350 conta com o mesmo visual da nova geração do Muscle Car, mas se diferencia pela adoção de um para-choque levemente redesenhado na parte inferior, novo capô, novo para-lamas dianteiro com saída de ar, para-choque traseiro com difusor de ar integrado, duas saídas duplas de escape e modesto e charmoso spoiler traseiro na tampa do porta-malas.



Para completar, o novo Shelby GT350 vem com rodas de liga leve de 19 polegadas calçadas com pneus Michelin Pilot Super Sport, amortecedores MagneRide e freios Brembo com pinças de seis pistões e discos com 394 milímetros na dianteira e discos de 380 milímetros e pinças com quatro pistões na traseira.

No interior, a Ford também caprichou na esportividade, principalmente pela adoção dos bancos esportivos Recaro e novo volante esportivo multifuncional com base achatada. Outro ponto interessante foi o fato da Ford reduzir substancialmente os detalhes de acabamento em cromo, para evitar que o brilho do sol distraia o condutor.



Além disso, o modelo ainda conta com uma vasta lista de equipamentos de série de conforto e segurança, com destaque para o sistema de condução com cinco modos que modificam o comportamento dos freios ABS com EBD, do peso da direção, do controle eletrônico de tração e estabilidade, da configuração de escape, do mapeamento do acelerador e do tuning MagneRide.

Leia também:  Kia Rio 2020 - Lançamento, Novidades e Preço no Brasil

Mecanicamente, o novo Ford Mustang Shelby GT350 vem equipado com motor aspirado 5.2 V8 capaz de entregar 500 cv e torque de 55,3 kgfm. Apostando na alta rotação do motor, diferentemente do último Shelby, o GT500, que contava com um bloco V8 Supercharger de notáveis 671 cv de potência, o propulsor do GT350 tornou-se o mais potente de aspiração natural já fabricado pela marca estadunidense. A aposta no motor aspirado tem um motivo claro: a Ford queria um Mustang que fosse apto, tanto para as pistas de corridas quanto para o uso nas ruas.

Dotado de tração traseira e diferencial Torsen de deslizamento limitado, o motor V8 aspirado trabalha em conjunto com um câmbio manual de seis marchas. Para dar maior segurança aos ocupantes, a Ford reduziu a altura de rodagem do carro e promoveu um enrijecimento do chassi em comparação a versão convencional do Mustang, através da utilização de fibra de carbono. 

Por Caio Polo

Ford Mustang Shelby GT350

Ford Mustang Shelby GT350

Ford Mustang Shelby GT350

Fotos: Divulgação

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.