Cuidados que devem ser tomados em uma viagem de carro





Quando se pensa em fazer uma viagem de carro tudo precisa ser bem planejado. É preciso saber o roteiro a ser seguido, cuidar das reservas nos hotéis e da revisão do carro. Essas são apenas algumas poucas coisas que envolvem uma viagem de carro. Mas a coisa vai bem mais além. Existem diversas outras situações que poderão aparecer de um momento para outro. Abaixo listamos duas situações que podem ocorrer e o que fazer para ter uma viagem sem esses problemas. Confira:

– Tem bicho no caminho:


Apesar de não parecer é bastante comum encontrarmos animais nas pistas aqui no Brasil. Os acidentes provocados por uma batida com um animal dependendo do porte pode ter consequências gravíssimas.  Se ao dirigir o motorista perceber que há animais nas pistas ou próximo a ela a dica é reduzir a velocidade e duplicar a atenção. Outra dica importante: alguns acidentes acontecem porque o motorista reduz bruscamente a velocidade, então, com cuidado olhe pelo retrovisor e confira se tem algum carro logo atrás.

Se é a noite tem um fato interessante. Muita gente acha que os faróis altos irão espantá-los da frente do automóvel, na maior parte dos casos (talvez por puro instinto) o animal fica é paralisado. Espere que o pobre bicho atravesse e siga seu caminho. Se possível ainda sinalize para outros motoristas sobre o possível perigo.

– A chuva caiu! E aí?:


Veja também:  Novo padrão de placas começa a ser usado no Brasil

Ruas e estradas molhadas requerem uma atenção especial do condutor. Não é preciso falar que além de ficarem mais escorregadias dependendo da quantidade de água a situação pode ser pior. É bem simples, quanto mais chuva mais o carro da frente vai provocar uma “outra” chuva que acabará prejudicando e muito a visão do motorista. Ligar os faróis a aumentar a distância entre os veículos é uma boa ideia. E veja bem: nunca freie de uma vez! Para reduzir a velocidade o melhor é ir pressionando o freio de leve. O motivo é simples. Com a pista molhada o carro leva cerca de 45 metros até parar enquanto que na seca leva pouco mais de 30.

São cuidados simples que se pode tomar. No caso de acidentes de animais conforme a região do país que for analisada vamos encontrar cerca de 100 por semestre.

Até a próxima dica!

Por Denisson Soares

Dirigindo na chuva

Foto: Divulgação



Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.