Sistema Isofix – Informações sobre a fixação de cadeiras infantis em automóveis

  

Junto com a popularização do Volkswagen Up! outro item acabou por se popularizar junto com ele por aqui: o sistema internacional para a fixação de cadeiras infantis nos automóveis, o chamado sistema isofix.

De fato o sistema em questão já andava circulando em carros importados no Brasil há um bom tempo. Mas depois que saiu de fábrica em um compacto que se tornou popular a coisa se tornou mais conhecida. No meio disso tudo veio também a dúvida na mente dos pais e mães sobre qual seria o melhor tipo de cadeira para o transporte de crianças.

Entretanto, o que muita gente ainda não sabe é que mesmo que o Inmetro – Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, desde o mês de janeiro deste ano, tenha fixado as regras de certificação para as cadeiras do tipo isofix no Brasil, ainda é muito raro encontrar uma do tipo que esteja à venda. Sem falar de algumas questões  legislativas a respeito do assunto.

Veja também:  Toyota Yaris 2018 - Venda no Brasil

O que o sistema Isofix?

Em termos gerais o sistema isofix se trata de um padrão internacional sobre os pontos de fixação das cadeiras infantis em automóveis que levam passageiros. Esse sistema exige que o veículo tenha pontos específicos de fixação. O mesmo também é válido para as cadeirinhas. Em diversos outros lugares do mundo esse sistema também é conhecido pelos nomes de UCSS, CANFIX, LUAS e LATCH.

Ele se resume em duas travas de fixação que ficam na base da cadeirinha ou ainda do bebê-conforto. Essas travas se encaixam nas barras de aço que são soldadas junto à estrutura do automóvel (elas ficam no vão que se situa entre o banco traseiro e o assento).

Veja também:  Pagamento e Parcelamento de Multas de Trânsito no Cartão

Como é o funcionamento?

No momento esse sistema se mostra bastante prático, seguro e rápido.

Para quem já teve que transportar uma criança em uma cadeirinha possivelmente já se viu “enrolado” com o cinto de segurança.




No caso do isofix o que acontece é que a cadeirinha fica afixada à carroceria do automóvel o que de quebra elimina as dificuldades causadas pelo deslocamento devido ao alongamento da cinta. Ao utilizar o sistema isofix a pessoa, ao colocar a cadeirinha no carro, irá ouvir um clique que dá a certeza ao motorista de que a mesma foi realmente fixada.

É seguro?

De acordo com os estudos realizados pelo Inmetro esse sistema prende melhor o item – as cadeirinhas, com isso a segurança aumenta. Mas vale lembrar que nada é perfeito.

Veja também:  Toyota Etios Hatch 2018 - Preço, Ficha Técnica e Análise

Por aqui ainda há uma série de problemas envolvendo a legalização do sistema. Os responsáveis alegam que a demora é devido a pouca quantidade de veículos no país com o sistema. Mas na prática o que se percebe não é isso. De qualquer maneira a única coisa que é certa é que quem quiser ter uma cadeirinha isofix irá precisar comprar fora do país.

Nesse caso não tem problema. A pessoa pode usar o produto comprado fora do país aqui, mesmo não havendo ainda uma legislação específica. Caso o condutor seja parado a fiscalização apenas irá verificar se a mesma está sendo usada corretamente. E isso considerando também a ausência do selo do Inmetro.

Por Denisson Soares

Sistema Isofix

Foto: Divulgação






Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.