Volkswagen Up! produzido no Brasil será exportado para a Argentina



A montadora alemã Volkswagen começou a exportar o Up! para a Argentina. O modelo que começou a ser produzido no Brasil e foi lançado em fevereiro por aqui, teve mais de 2 mil unidades exportadas para os hermanos nas versões de 2 e 4 portas.

O Up! é produzido em Taubaté – SP e também será exportado para Colômbia, Bolívia, Chile, Equador e Paraguai até o fim do ano, segundo a montadora. A diferença é que nesses países, o automóvel somente será movido a gasolina, diferente do Brasil, em que é instalado o motor flex, movido a gasolina e/ou álcool.



Até o momento o Up! não é um dos 10 carros mais vendidos. O modelo está na 14ª posição, com um total de 5.744 unidades comercializadas, contudo, as expectativas da montadora alemã são que o modelo se torne o novo Fusca, produzido para ser o carro do povo, como o Fusca foi, afirmou o chefe de design do veículo, Luiz Alberto Veiga, quando o Up! foi lançado.

Veja também:  Novo Nissan X-Trail 2021 - lançamento no Brasil

Segundo o setor comercial da Volks, a Argentina recebe a maior parte dos carros exportados pelas fábricas brasileiras. Isso devido a um acordo comercial, o qual permite que um determinado número de carros possa ser importado sem que seja cobrado imposto, e vice-versa, contudo as cotas expiraram no ano passado e a partir de agora vale o livre comércio entre os dois países. Em 2014, os argentinos chegaram a dificultar a importação de produtos brasileiros, resultando na diminuição de 30% no percentual de exportação de veículos nacionais nos primeiros quatro meses do ano.



Buscando melhorar a atual situação os dois países fecharam um novo acordo que vale a partir do dia 1º de julho. As cotas para produtos brasileiros são menores, dessa forma, para vender o mesmo número de automóveis do ano passado para o mercado argentino, terá que comprar mais. 

Veja também:  Hyundai Santa Fé 2021 - Mudanças e Novidades

Volkswagen Up!

Foto: Divulgação

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.