Mercedes CLA 200 x Audi A3 Sedan – Comparativo e Diferenças

  

Comparar o CLA 200 da Mercedes-Benz com o A3 da Audi não é uma tarefa fácil. Os dois são recém-lançamentos no Brasil e possuem várias semelhanças. Ambos trazem as versões sedã e cupê, alto nível em tecnologia, luxo, conforto, elegância e segurança. Na parte mecânica, os dois têm motores turbo, câmbios de sete marchas com dupla embreagem, injeção direta e mesmo torque. Somente a cilindrada se difere: 1.8 para o Audi e 1.6 para a Mercedes.

Mas há diferenças. Na hora de acelerar, o CLA 200 com 1.6 turbo de 156 cv perde para o motor 1.8 turbo TFSI de 180 cv do A3. O carro da Mercedes precisou de 9,6 segundos para sair da imobilidade e chegar aos 100 km/h. Já o modelo da Audi fez isso em 8 segundos. O A3 também consegue melhores retomadas de velocidade por causa do seu conjunto mais bem afinado. Até no preço, o A3 está se saindo melhor: são R$ 116.400 contra R$ 150.500 para o CLA 200 Turbo 1st Edition.

Veja também:  Renault Captur 2018 - Ficha Técnica, Especificações

No quesito freio, direção e suspensão, o CLA tem boa estabilidade, mas atende mais no que se refere ao conforto. Direção e freios também atendem bem. No A3 Sedan os freios são eficientes, a suspensão é calibrada e a direção recebe respostas precisas.

O câmbio de dupla embreagem no CLA 200 não tem trocas muito rápidas. Já o motor 1.6 turbo tem menos velocidade, mas traz economia. O A3 também tem câmbio de dupla embreagem e faz trocas mais rápidas, o motor turbo 1.8 consegue dar uma melhor percepção da injeção direta e indireta.




O CLA 200 vem com sete airbags, possui aços de alta resistência em áreas onde há necessidade de maior proteção. O controle de estabilidade está sempre em alerta e entra em ação até nos momentos em que existe pouco sinal de risco. O A3 também conta com sete airbags, além de uma tecnologia capaz de frear o carro após um acidente grave, com o objetivo de amenizar os danos. Os freios são excelentes.

Veja também:  Land Rover Discovery HSE 2018 - Análise

O modelo da Mercedes-Benz é um grande carro, mas é difícil conseguir entender o porquê dos seus R$ 150 mil. Já o A3 chega com um preço muito mais competitivo. Ainda mais quando chegar a versão 1.4, que deverá custar menos de R$ 100 mil.

Por Carolina Miranda






Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.