BMW pretende vender 2 milhões de carros em 2014

Por causa do sucesso que a cada ano aumenta no mundo inteiro, a BMW projeta bater um recorde e vender igual ou mais que 2 milhões de carros este ano. A declaração da marca, que aconteceu nessa última quinta-feira (13), veio após uma divulgação de que os seus resultados cresceram mais do que o esperado com aumento do pagamento a acionistas.

"Estimamos um maior crescimento no volume de vendas no ano corrente. Queremos novamente levar a BMW a bater um recorde histórico", disse o presidente-executivo da marca, Norbert Reithofer, no mesmo momento em que anunciou também o valor em que a BMW quer chegar.

O alcance de recordes de vendas da marca foi impulsionado por um crescimento também histórico de 19,7% na China continental e uma alta de 8,1% dos Estados Unidos. No ano passado, a BMW comercializou quase 2 milhões de automóveis. Os modelos Mini e Rolls-Royce, que tiveram registros recordes, foram uns dos propulsores do sucesso. E, com base nos números de 2013, a marca quer crescer ainda mais, informou a companhia.

Mesmo com recordes de vendas e um crescimento acima do esperado, a montadora alemã também divulgou que o lucro operacional de sua principal divisão automotiva caiu 14% nos três últimos meses do ano passado, devido aos gastos com tecnologia de eficiência de combustível, qualidade e lançamentos de novos modelos. Contudo, mesmo com a queda, analistas esperavam uma queda ainda maior.

A queda nos lucros operacionais também tem a ver com a competição acirrada que a marca vem tendo com as concorrentes Audi e Mercedes-Benz. E, para que a queda não fosse maior que os 14%, a BMW se esforçou e investiu em tecnologia e lançamentos de novidades como o veículo elétrico i3 e a nova geração do Mini Cooper. Com esses modelos, a marca acredita que as vendas tendem a só aumentar. 

Por Carolina Miranda

BMW i3

Foto: Divulgação

1 ideia sobre “BMW pretende vender 2 milhões de carros em 2014

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.