Fiat 500 Abarth 695 Biposto é apresentado em Genebra



Enquanto a Fiat planeja trazer o 500 Abarth convencional para o mercado brasileiro, no Salão de Genebra a marca italiana revelou o 500 Abarth 695 Biposto, cinquenta anos depois do primeiro modelo que foi apresentado em 1964. Bem diferente do modelo antigo, mantendo apenas as características visuais, o novo compacto apimentado chega para ser, de acordo com a fabricante, uma fusão entre um carro de passeio e um de corrida.

Esteticamente o 500 Abarth 695 Biposto possui elementos que remetem aos carros de corrida, como os um kit aerodinâmico, que inclui saias laterais, para-choques, arcos de roda e spoiler com apliques em fibra de carbono, para-choque traseiro com difusor de ar e janelas fixas com acabamento em policarbonato.



Outro ponto interessante é a pintura texturizada em cinza, que, segundo a Fiat, dá a impressão de que o carro foi criado direto das estradas. A marca italiana ainda caprichou nos detalhes, com acabamento em titânio nos parafusos das rodas, na tampa do porta-malas, nas maçanetas das portas e do porta-malas, nos escapes e na tampa do tanque de combustível. 

Completa o visual externo as rodas de 18 polegadas da OZ calçadas com pneus 215/35, as pinças de freio na cor vermelha, além da saída dupla de escape, com escapamentos Akrapovic. No interior, com apenas dois lugares, o compacto traz bancos esportivos ancorados em um reforço estrutural que substitui os bancos traseiros, inscrição “695” em alusão à versão no apoio de cabeça dos bancos, cintos de quatro pontos e acabamento do painel, das portas e na parte traseira dos bancos em fibra de carbono. 



De acordo com a nota da fabricante italiana divulgada no site brasileiro Autoesporte, "O Abarth 695 Biposto não é uma edição limitada, mas é certamente um carro para os motoristas 'especiais,  aqueles que podem mostrar que sabem como conduzi-lo".

Leia também:  Novo Fiat Palio Fire - Novidades e preços

Mecanicamente o Abarth 695 Biposto vem equipado com motor quatro cilindros 1.4 T-Jet, capaz de entregar 192 cv, fazendo com que o compacto esportivo de apenas 997 quilogramas tenha uma relação peso/potência de 5,2 kg/hp.

Com amortecedores ajustáveis, sistema de freios da Brembo com discos ventilados e perfurados (305 x 28 milímetros), o pequeno esportivo traz a opção de condução Sport, ativada mediante um botão no painel, que promove a abertura completa da válvula de escape, potencializando o som do bloco turbo.  

Com tudo isso, o Fiat Abarth 695 Biposto acelera de 0 a 100 km/h em 5,9 segundos, com velocidade máxima de 230 km/h, fazendo com que essa versão seja a mais rápida da história do Cinquecento.

Por Caio Polo

Foto: Newspress

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.