Chery Tiggo 2014 – SUV Mais Barato do Brasil



Nessa quinta-feira (13) a marca chinesa Chery apresentou sua nova linha SUV Tiggo 2014. No ano passado, a empresa fez algumas mudanças no visual do modelo, que foi anunciado em junho de 2013. Este ano, o câmbio automático de quatro marchas foi a principal novidade da Chery.

A mecânica do Tiggo continua sendo composta por um motor 2.0 16V a gasolina, da austríaca Acteco, que fornece 138 cavalos de potência e 18,2 kgfm de torque. Para conquistar de vez o mercado brasileiro, a Chery promete que seu novo SUV automático será o mais barato no Brasil. O preço será de R$ 57.990 na versão automática e de R$ 51.990 na versão manual, com câmbio de cinco marchas.

Veja também:  Porsche Taycan - Primeiro carro elétrico da montadora

O ano de 2014 poderá ser decisivo para a empresa chinesa, já que a previsão da marca é construir sua fábrica no país (em Jacareí) e produzir a nova geração do subcompacto QQ. A Chery tentará manter também nos seus outros modelos a relação primordial para o brasileiro: o custo e benefício.

Além de querer competir com preço, a Chery quer mostrar outro diferencial das suas concorrentes asiáticas: o Tiggo A/T será o primeiro modelo chinês a ser comercializado com opção automática aqui no Brasil. O maior desafio mesmo da marca é conseguir emplacar seus modelos por aqui, pois até hoje a Chery ainda não conseguiu convencer muitos brasileiros. A comprovação disso é as vendas da marca em comparação com modelos do mesmo segmento de outras companhias, como o Ford EcoSport, o Renault Duster e o Hyundai Tucson.



Veja também:  Preço dos Carros Renault e Nissan para Pessoa Jurídica (CNPJ)

Ficha Técnica do SUV Tiggo 2014: Conjunto óptico em forma de cunha com luzes diurnas de LED e um forte canhão de luz. Na parte interna, volante multifunção (contém áudio e piloto automático), sensor de ré, ar condicionado, direção hidráulica, rodas de liga leve de 16 polegadas, CD Player com rntrada USB e vidros e travas elétricas. O porta-malas suporta 435 litros.

Por Carolina Miranda




Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.