Dicas de cuidados e conservação dos pneus



Quando o assunto é automóvel, há sempre aquele que acha que entende mais, outro que, por sua vez, faz tudo o que o amigo sabichão diz que é correto, mas, no final, todo mundo quer de alguma forma sempre o melhor para o seu veículo, como aquela máxima que diz que todo brasileiro é apaixonado por carros.

No entanto, é importante recordar que o melhor para o carro também tem que ser o melhor para nós, os proprietários. Afinal, carro bom é carro seguro e um veículo com a mecânica toda em dia sempre será capaz de atender a todas as nossas necessidades de transporte com uma segurança muito maior do que um que seja cuidado de qualquer jeito.



Também é importante lembrar que esses itens de segurança vão além do pacote mecânico do automóvel. Um simples pneu, por exemplo, tem que estar impecável para que sua segurança seja plena.

Veja abaixo alguns cuidados essenciais para melhor conservar os pneus dos seus veículos, contribuindo assim com sua segurança ao pilotar:



– Fique atento à data de validade do pneu. Ela é de cinco anos a partir da data de fabricação. Após esse período, a borracha começa a perder suas características tornando o uso do pneu não recomendável, mesmo que ainda esteja aparentando boa conservação;

– A manutenção preventiva do veículo também é muito importante. Sinais como trepidação, direção puxando para um dos lados, entre outros, devem ser sempre observados, pois além de prejudicarem a segurança ao dirigir, podem ocasionar desgastes nas bandas de rodagem nas laterais dos pneus;

– É fundamental manter os pneus sempre calibrados. O ideal é fazer isso pelo menos uma vez por semana, lembrando que a quantia de ar dentro do pneu deve ser exatamente aquela especificada pelo fabricante, nem mais, nem menos;

Leia também:  Audi R8 Spyder V10 2018 - Especificações, Características

 – Mesmo que bem conservados, os pneus devem ser substituídos no máximo a cada 80 mil quilômetros rodados;

– Uma dica importante é fazer o rodízio dos pneus, trocando os da frente pelos de trás. Dessa forma, haverá pouca diferença de desgaste entre eles.

Mantendo esses cuidados, a conservação dos pneus do seu carro será sempre melhor, ficando assim, sua segurança cada vez maior e em primeiro lugar.

Revise sempre seus pneus e boa viagem!

Por Mikhael Costa

Pneus

Foto: Divulgação

Outros Conteúdos Interessantes

1 Comment

  1. O rodízio dos pneus é diferente se os pneus foram simétricos ou asimétricos. O mecánico tem que cruzar os pneus quando rodá-los se foram simétricos o que não é verdade se foram asimétricos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.