Mini Clubvan – Vendas serão encerradas nos Estados Unidos





Mini Clubvan A Mini passa por apuros e precisa vetar a venda do Clubvan para não passar vexame no mercado americano.

A baixa aceitação do consumidor americano aliada à crise que assola a terra do Tio San fizeram as vendas do modelo apresentado pela Mini e denominado Clubvan irem pelo ralo.




Desde que foi lançado no país a montadora viu apenas míseras 50 unidades serem consumidas pelos americanos. Qualquer montadora cairia em prantos ao perceber que um modelo preparado especificamente para o tranco americano vendeu em media 10 carros por mês.

Para cortar custos e evitar um endividamento monstruoso, a Mini resolveu então descontinuar a venda dos Clubvan uma vez que as taxas para importação de veículos comerciais leves nos Estados Unidos chega a cerca de 25%.


Veja também:  Nissan Versa 2020 - Novidades e Diferenças

Quando lançado em 2012, no Salão de Genebra, o Clubvan se mostrava ser o modelo comercial do famoso Clubman. Na versão Clubvan saem os bancos traseiros e entra um piso apto para receber carregamentos. A ideia era ser um compacto que fosse versátil em grandes metrópoles congestionadas e sem espaço.

Por Fernando Setoue



Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.