Carros chineses e indianos – Concorrência e preços acessíveis



As empresas automobilísticas estabelecidas no mercado brasileiro estão tendo de enfrentar uma nova onda de concorrentes, especialmente a China e a Índia. Estes dois países estão acima de todos os líderes de mercado de veículos da Europa e dos EUA. No ano de 2007, a participação na produção automobilística era de 84%.  

A fixação dos seus preços em 30% abaixo dos níveis médios do mercado fez com que as montadoras chinesas e indianas tornassem a vida mais difícil para seus concorrentes no segmento de baixo preço. Eles poderiam capturar uma quota de 10% do mercado brasileiro até 2020.



Segundo especialistas, a capacidade de inovação do Brasil continua fraca. No mundo todo, os fornecedores automotivos investem cerca de 5% de sua receita em pesquisa e desenvolvimento, mas o número de fornecedores brasileiros que investem é de apenas 3%.

No entanto, há um grande potencial no mercado automotivo brasileiro. As empresas que estão conscientes de suas fraquezas, e dispostas a realinhar as suas estratégias, podem tirar proveito deste mercado em expansão no Brasil, pois o sucesso exige investimento em instalações de produção modernas.



De fato, os fabricantes de automóveis internacionais já estão planejando investir cerca de 10 bilhões de euros na modernização de suas fábricas até 2014.

Por Salete Dias

Leia também:  Audi - Vendas de veículos entre janeiro e agosto de 2013

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.