Audi A1 2011 – Início das vendas no Brasil – Preço



A chegada de carros importados ao Brasil aumentou admiravelmente nos últimos meses, graças a uma combinação de fatores que, representados em conjunto, culminaram na expansão de 7,5% do Produto Interno Bruto (PIB) de 2010. Concessionárias chinesas e europeias, por exemplo, estancaram muitos modelos que logo caíram no gosto dos consumidores.

Informações divulgadas pela Audi apontam que o modelo A1 começou a ser despejado, no bom sentido, em solos brasileiros. O termo, por sinal, pode ser empregado tranquilamente em função das projeções da montadora para o final deste ano.



O primeiro lote de 600 unidades será distribuído aos clientes que adquiriram o A1 no período entre janeiro e março, ou seja, durante a pré-venda. A procura, em especial, é justificada pelo valor praticado: R$ 89,9 mil, o único importado da fabricante, por enquanto, com custos abaixo de R$ 100 mil.

Veja também:  Pré-Venda do Audi E-tron e Novo Q3 2020

Como já mencionado, a Audi acredita que o modelo A1 deva conceber 40% do total de suas vendas, aproximadamente 2,6 mil unidades, uma vez que a montadora acredita que 6,5 mil unidades serão comercializadas entre janeiro e dezembro.



Mais a fundo, o design do exemplar remete à esportividade, apresentando ao consumidor faróis de xênon plus com luzes diurnas em LED. Com 3,85 metros de comprimento, 1,74 metros de largura e 1,42 metros de altura, o modelo promete também 267 litros no bagageiro (ou até 920 litros com o banco traseiro rebatido).

A motorização do A1 é a 1,4 TFSI de 122 cavalos de potência, configuração que permite o alcance de zero a 100 quilômetros horários em 8,9 segundos. Entretanto, o consumo de combustível é baixo, podendo o modelo fazer 18,8 km por litro, em média.

Veja também:  Pré-Venda do Audi E-tron e Novo Q3 2020

Entre os principais itens de série destacam-se ar condicionado, volante esportivo em couro, sistema Bluetooth, sistema de freios ESP/ABS, rodas aro 16, computador de bordo, tela de configurações de 6,5 polegadas, entre outros mais.


Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Assessoria de Imprensa

Inserir um comentário

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.