Novas regras para financiamento de veículos



Foram anunciadas pelo Banco Central, as novas regras para o financiamento de veículos, que passam a valer a partir do dia 6 de dezembro em todo o país. Os planos deverão ter uma entrada mínima que varia de acordo com o prazo para pagamento.

Para quem for comprar um carro e dividir o pagamento entre 24 e 36 parcelas, será obrigatória uma entrada de pelo menos 20% do valor do automóvel. Já para o parcelamento entre 48 e 60 prestações, o valor exigido no ato da compra será de pelo menos 40% do que se pagaria à vista.

De acordo com Aldo Luiz Mendes, diretor de Política Monetária do Banco Central, as medidas foram tomadas por causa do aumento do risco de inadimplência em transações de longo prazo. Ele disse ainda que as vendas para pessoas jurídicas e os financiamentos de veículos de grande carga não serão afetadas.



Por André Gonçalves

Fonte:  Época






9 comentários em “Novas regras para financiamento de veículos

  1. Isso é uma sacanagem com os pobres assalariados,porque quem vai ter esse dinheiro todo pra dar de entrada? Eu to bem na foto,to pensando em comprar um carro de 25 mil, mas com esses jurus abusivos terei de pagar dois carros, ou seja,os que não tem condições de comprar um carro avista assim como eu,deira os banqueiros(que por sinal mandão e desmandão nesse pais sem lei) mais ricos ainda.

  2. Graças ao Banco Central e o governo que manda nesse país, hoje para uma família de classe media conseguir comprar um carro economico, um Celta por exemplo, se você não tem a entrada ( o que não acontece com as maioria das famílias, me diz quem tem 10 mil reais para dar de entrada em um carro?) você paga o valor no financiamento que você consegue comprar 3 carros??
    Agora me diz, ano passado fizeram a festa, compraram carros adoidados, e vem me dizer que o governo esta preoucupado com a inadimplencia no país?
    Bando de Hipocritas…querem que a gente continue andando de ônibus mesmo, pra que carro né???????

  3. eu sempre sonhei em ter um carro mas dai vem essa lei do capeta … e acaba com sonho de varias pessoas q sonha em ter um carro , issso e injusto muito .muito … vamos fazer uma greve na frente desse banco ai meu , vamos la ,quero meu carro vamo vamo vamos !!!!!!

  4. Brasil….não deveria ser um país de todos e sim um país de otários. Adeus aos sonhos dos pobres, ao invés de tentarem reduzir os juros e abaixar o preço dos veículos,olham o que eles fazem. Um exexmplo prático: um carro popular 25.000 em média, qual o pobre assalariado tem esse valor? Para financiar ,10.000 entrada …quem tem também ?

  5. Não adiantará de nada, um carro que custa R$ 20.000,00 por exemplo, a agencia que o financiará irá “imbutir” esses 20% de entrada no valor do financiamento, como sempre fizeram, o sujeito financiará R$ 24 mil, aumentará o juros, consequentemente a parcela e aumentará assim a inadimplência, parabéns ao governo.

Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.