Crescimento econômico do Brasil – aumento de venda de carros importados





O Brasil passou a integrar, há pouco tempo, o bloco das chamadas nações emergentes. Por receber essa denominação, muito se tem esperado do país, juntamente a China e Índia. Especialistas estimam que esse conglomerado será o responsável por puxar o crescimento econômico global.

Uma das atestações certeiras ao Brasil são as ampliações de investimentos por parte da iniciativa privada. O maior acesso da classe C a mercados de consumo antes não alcançáveis compõe a nova tendência deste século. Tanto que, o aumento da demanda de clientes transportados pelas companhias aéreas e aquisição de imóvel próprio, ressaltam os números econômicos. Na mesma linha aparecem veículos automotores, com alcance aos importados.




A Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores (Abeiva) divulgou nesta semana que nos primeiros seis meses deste ano houve registro de 41,8 mil automóveis importados vendidos, salto de 175,3% em comparação ao semestre inicial de 2009.

Em junho, mês em que se aguarda acomodação em alguns setores, o número de veículos comercializados chegou a 7.642 unidades, alta de 2,6% em confronto ao mês anterior. José Luiz Gandini, presidente da Abeiva, relacionou em reportagem propagada pelo portal de economia Terra, que até o final de 2010 as vendas superarão 80 mil automóveis.


Por Luiz Felipe T. Erdei



Inserir um comentário

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.