Fim da redução do IPI



Acabou-se o que era doce. O governo não está mais interessado em prorrogar a redução do IPI para carros flex. A partir de 31 de março de 2010, portanto, o imposto volta a ter suas alíquotas originais.

A medida também atinge a linha branca, dos eletrodomésticos, que segundo o governo não precisam mais de incentivo. As afirmações foram feitas pelo ministro Guido Mantega, durante o Fórum Social Mundial, na Suíça.



Portanto, a partir de 1° de abril de 2010, o IPI volta a ser o que era antes. E não, infelizmente, não é mentira.



Veja também:  Análise do Novo Peugeot 2008 2020 - Test Drive

Inserir um comentário

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.