Bolhas e rodas tortas em pneus de perfil baixo

  

Imagine a cena: você, todo feliz, vai lá e compra seu carro (normalmente popular) com muito sacrifício. Sobrou uma graninha. Além de colocar o som, de praxe, você vai lá e resolve, também, colocar umas rodas esportivas no bólido. Escolhe bem e resolve colocar aro 17 e pneus 215/45 ou aro 15 e pneus 195/50 (os dois têm praticamente a mesma altura). Até aí beleza.

Só que você continua a andar como antes. O carro dá mais socos, é verdade, mas você continua a andar um tanto rápido em ruas esburacadas. Além disso, o filme dos vidros faz com que, à noite, você não consiga enxergar direito os buracos do asfalto. Você passa em alguns, o carro dá socos, mas você não se preocupa. Até que, um belo dia, o carro fica estranho. Ele trepida bastante em alta velocidade, pode até estar puxando para um lado… e você percebe que seu pneu formou uma bolha e sua roda entortou!!!

Pois é, a situação é mais comum do que se imagina, e atinge até mesmo carros de série como o Honda Civic Si (também equipado de série com pneus 215/45). Pneus de perfil baixo não têm muito “espaço” para “deformar” quando passam em um buraco. Além de dobrarem com facilidade, o que força sua malha lateral, a proximidade da roda ainda pode fazer com que esta “corte” a malha de aço do pneu caso a calibragem esteja muito baixa. E aí se forma a bolha, além de poder entortar a roda.

Veja também:  Como Conservar a Pintura do Carro

Dicas para evitar que o pneu crie bolha e as rodas entortem

Então como evitar? Uma dica é andar com os pneus sempre bem calibrados, de acordo com a recomendação do fabricante. Até ajuda colocar um pouco mais de pressão, pois isso faz com que a resistência para dobrar a borracha seja um pouco maior. Claro, também vale a dica de andar mais devagar do que seria de praxe em estradas esburacadas.




Outra dica, para quem ainda vai colocar pneu, é evitar colocar um perfil tão baixo. Você pode, por exemplo, escolher um 225/45 ou um 235/45 (se couber) em vez do 215/45, ou um 205/50 em vez do 195/50. Pode não parecer, mas já são mais altos e ainda mantêm aquelo aspecto de pneu esportivo (lembrando sempre que a altura, representada pelo 45, é porcentagem da largura do pneu, no caso, 225 ou 235 mm. Veja aqui como “ler um pneu”). Isso significa que você teria um pneu com 101mm (225/45) ou 105mm (235/45) de altura, em comparação com os 97mm de um pneu 215/45. Ainda é baixo (um 195/60 padrão tem 117mm de altura, por exemplo), ainda inspira cuidados, mas já torna um pouco mais difícil a formação de bolhas. Além de deixar o rodar mais confortável e proteger mais as rodas de pancadas no meio-fio.

Veja também:  Lista dos Piores Carros para Consertar no Brasil 2016

Claro, para quem ainda vai colocar o pneu e tem o orçamento apertado, o ideal é pensar bem. Você tem que considerar, além do gasto imediato com pneus e rodas, o custo de troca de seus pneus caso você tenha problemas em poucos quilômetros.

Bolhas já formadas – o que fazer?

Mas e se você já tem as bolhas e as rodas tortas? Bom, rodas tortas dificilmente são um problema. Passar num torno resolve na maioria das vezes, e dificilmente isso sai mais de R$ 50,00 por roda. E é comum encontrar esse serviço pela metade desse preço.

Já o pneu com bolha não tem jeito. Você pode até mandar vulcanizar para reforçar a parte afetada, mas o pneu não fica mais confiável. Ele pode até estourar. Uma vulcanização torna isso mais difícil, fazendo com que, normalmente, o ar comece a vazar até que o pneu se esvazie, caso surja algum problema. Mesmo assim, é risco. Muita gente costuma colocar o pneu na roda traseira, onde ele vai causar menos trepidação e problemas. Mas o ideal mesmo, se você puder arcar com os R$ 400 a R$ 500 do custo de cada um desses pneus (isso considerando os mais baratos, é normal encontrá-los por até R$ 800), é trocar o pneu defeituoso. Desentortar a roda, nesse caso, costuma vir como cortesia.

Veja também:  Cuidados com a Troca de Rodas por Outra Maior





4 comentários em “Bolhas e rodas tortas em pneus de perfil baixo

  1. Eu tive que trocar quatro pneus da Pirelli porque três apresentaram bolhas antes dos 15000 km. Depois li numa reportagem na revista Quatro Rodas que o Golf novo, que vem com pneus Pirelli apresentaram bolhas também. Depois disto, eu sempre evito os pneus da Pirelli.

  2. Amigo, moro em Sao Luis no Maranhao, estou aqui ha pouco tempo. Gosto muito de rodas grandes mas a pavimentacao da cidade e pessima, estou querendo mto comprar uma roda 18 para meu gol g5, mas estou com medo a dor de cabeca que isso pode me dar. O q vc me fala sobre isso? Ah, sou de SP.

Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.