Fiat Brava vs Fiat Stilo (e Fiat Tipo) no crash test



Uma das coisas que mais prezo quando vou comprar um carro é a segurança do modelo. Afinal de contas, as estatísticas estão aí para mostrar que muita gente acaba morrendo ou ficando com sequelas em acidentes de trânsito que nunca sabemos quando vão acontecer.

Há alguns anos, a Fiat lançou uma versão coupé do Marea, chamada Brava, para substituir o veículo anterior, o Fiat Tipo, derivado do Tempra. O Brava em particular não anda lá muito bem cotado no mercado de usados, a exemplo do sedan, devido à manutenção cara e constante, principalmente nos modelos que foram importados da Itália, antes da nacionalização da produção. Também não ficou em linha por muito tempo. No seu lugar, entrou o Stilo, um carro mais caro mas também, em nossa opinião, de melhor qualidade.



Mas e no crash test, será que a mudança foi boa?

Fiat Brava

Bem que a Fiat fez de não deixar o carro em linha por muito tempo. O carro teve uma avaliação bem pobre da Euroncap, recebendo uma nota 2, quase digna de um carro chinês. Que me desculpem os proprietários de Brava, mas verdade deve ser dita. O carro é uma tragédia nesse quesito.



Fiat Stilo

Ah, agora sim. O Stilo já é um carro diferente. A manutenção é cara, mas não é tão constante quanto à do Brava. E é um carro seguro, com uma boa classificação 4 no Euroncap.

E, para completar… Fiat Tipo

Ainda tem muita gente rodando com esses carros pelo Brasil. Na verdade, há muito mais Tipo pelas ruas do que Brava, pelo menos é o que podemos notar andando por algumas das principais capitais brasileiras. Infelizmente, não temos um link do crash test deste modelo no site da Euroncap, mas temos um vídeo no Youtube, que mostramos abaixo. Também não parece muito seguro. Olhando bem, pode ser até pior que o Brava.

Conclusão

Na Europa, a Fiat não tem fama de fazer carros lá muito seguros em crash tests, mas vem melhorando ao longo dos anos. E isso pode ser visto no crash test do Stilo, um carro realmente seguro. Já as versões anteriores vêm desse tempo em que a Fiat não fazia carros muito seguros. Melhor não correr muito com Brava e Tipo.

P.S: foi mal, os vídeos foram postados trocados.



5 comentários em “Fiat Brava vs Fiat Stilo (e Fiat Tipo) no crash test

  1. tirei o motor com a caixa de mudanças, todo junto e colequei de volta de um fiat brava 1,6 16v para ser lantenado a frente e ao funcionar não tinha sentelha nos cabos de ignição, me disseram que o fiat brava quando bate a frente existe um dispositivo que corta o funcionamento do motor, e verdade? E onde fica.

  2. Minha mãe deu PT em um Corsa 1.6 há poucos anos. Graças a deus não ocorreu nada com ela, mas o pessoal do socorro falou que ela teve sorte de não estar em FIAT …

  3. É realmente interessante a falta de conhecimento do editor relativo aos Crash Tests dos veículos publicados do ano 1997-2000 de outras montadoras.

    Dos veículos considerados concorrentes de Bravo/Brava da época vide:

    Ford Scort, Citroen Xsara, Honda Civic,etc,obtiveram rating 2 ou menor que isso.
    Com exceção de alguns veículos que atingiram 3 estrelas como Astra,306,Corolla e rating 4 como o Megane.

    Fico imaginando a REAL BOMBA dos nossos compactos dá época.

    Deve ser muito cauteloso ao fazer uma afirmação como esta,na verdade um comentário BOMBA, em que o “achismo” do editor foi o seu julgamento técnico.

Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.