Chevrolet Equinox – 3ª geração para a linha 2018


     

Modelo poderá substituir a Captiva na Austrália e, provavelmente, não será vendido no Brasil.

O modelo Equinox da Chevrolet que já está no mercado americano há mais de uma década e está entre os mais vendidos da marca no país, agora possui uma terceira geração para a linha 2018 com a plataforma do Cruze e várias especificações semelhantes ao sedan. Altamente tecnológico, o novo Equinox apresenta sistema multimídia MyLink com central de atendimento OnStar, internet 4G com Wi-Fi hotspot e espelhamento da tela touchscreen de oito polegadas, compatível com Apple CarPlay e Android Auto. Assim como no Cruze, a central multimídia e volante ficam em posição superior, com as saídas de ar nas laterais do painel.

Em relação ao visual externo, permanecem os característicos vincos laterais do modelo, agora mais destacados, proporcionando elegância ao utilitário, as lanternas são horizontais em LED e a dianteira lembra muito o Cruze, com a grade estendida até os faróis. Na traseira do veículo, também é perceptível a semelhança ao Cruze, com as lanternas alongadas horizontalmente e com as extremidades arredondadas. O vidro traseiro possui continuidade pelas laterais e a coluna traseira é diagonal como nas versões anteriores do Equinox. Na linha 2018, o cliente pode escolher versões com rodas de liga leve com 17, 18 ou 19 polegadas e os motores 1.5 Turbo gasolina, 1.6 Turbo Diesel e 2.0 Turbo também à gasolina.

Veja também:  Hyundai Veloster Turbo - Lançamento e Preço no Brasil

No quesito segurança, o SUV acompanha a legislação dos Estados Unidos e possui a configuração Teen Driver, que permite que o veículo seja programado para que os jovens em torno de 16 anos que já possuam habilitação dirijam com maior precaução. Dentre as funções do Teen Driver está o alerta de mudança de faixa, alerta de colisão com frenagem automatizada e alerta de ponto cego. O novo Equinox é mais leve que a segunda geração do modelo com 180 quilos a menos, que permite maior aerodinâmica.

Mesmo sendo tão atrativo, o Equinox 2018, só estará à venda a partir de 2017 nos Estados Unidos e em seguida mais 115 países, porém, o Brasil ainda não está incluso na lista. A nova geração do Equinox, provavelmente irá tomar o lugar da Captiva na Austrália, onde o comércio do modelo está defasado. Caso o Equinox venha para o Brasil posteriormente, o mesmo deve ocorrer, pois a Captiva está com baixos índices no mercado e neste ano apenas 903 veículos deste modelo foram comercializados durante o primeiro semestre. O modelo está atrás de todos os seus principais concorrentes: Mitsubishi Pajero, Toyota RAV4, Volvo XC60 e Honda CR-V e se for substituído pelo novo Equinox, estará entre o Tracker e o Trailblazer.

Veja também:  Renault Kwid 2017 - Preço e Características do Lançamento




Por Fabiana da Rosa

Chevrolet Equinox

Chevrolet Equinox

Fotos: Divulgação

Inserir um comentário