Sinistro em Seguro – Significado


     

Saiba aqui o que é o Sinistro do Seguro e para que serve.

A maioria das pessoas que contratam alguma companhia que oferece serviço de seguro, seja de imóveis, móveis ou outros, desconhece o termo “sinistro”. Se na linguagem popular o termo pode significar “impressionante” ou “amedrontador”, no contexto jurídico e dos seguros é um pouco diferente.

Afinal, o que é sinistro em seguro? A resposta é simples, sinistro na área do direito e dos seguros significa acidente que causa dano ou prejuízo e ao ser comprovado deve haver a indenização por parte da seguradora. Em outras palavras, o sinistro é a materialização do risco previsto nos contratos com empresas seguradoras.

Um dos sinistros mais comuns de acontecer é a colisão de veículos. Mas incêndio em residências, inundações, roubos, entre outros são considerados pela lei como sinistro, mas somente no caso em que o bem que sofreu o dano estiver legalmente segurado.

Veja também:  Novo Suzuki Vitara 2017 - Preço e Versões

Resumindo, o sinistro é uma ocorrência negativa em um bem segurado, que leva a companhia de seguro a indenizar as partes lesadas, de acordo com o contrato firmado entre as partes.





Embora existam muitos, imóveis, objetos, a vida e até mesmo partes do corpo (alguns artistas que trabalham com o corpo fazem isso) podem ser colocadas no seguro. O mais comum é o de automóveis, talvez porque o risco de acidente é muito grande.

No que se refere ao seguro de carros, o sinistro pode ser parcial ou integral. Quando ocorre por exemplo uma colisão, um alagamento (são sinistros bem comuns de acontecer), o veículo sofre danos que podem ser reparados. Neste caso o sinistro é parcial. Em contrapartida, se o automóvel é roubado, a perda é total e assim o sinistro integral. Nos dois casos a caracterização do sinistro vai determinar se a seguradora se responsabilizará pelos gastos de reparo ou pela indenização do valor total do veículo.

Veja também:  Lista dos Carros Mais Roubados no Brasil em 2016

Apesar de todo estranhamento com o termo sinistro em situações de seguro, a explicação para esta significação negativa é bastante simples. Etimologicamente a palavra sinistro tem, entre seus significados, a palavra esquerdo. Considerando que a maioria das pessoas utilizam sempre a mão direita para executar bem as suas tarefas, pensou-se que com a mão esquerda a realização das tarefas seria comprometida e prejudicada. Desse modo, criou-se essa relação de algo desastroso e prejudicial em relação ao esquerdo, que está etimologicamente ligado ao termo sinistro.

Sirlene Montes

Inserir um comentário