Como Identificar Defeitos no Carro Usando OBD-II


     

Aprenda a diagnosticar, por conta própria, defeitos no seu carro em tempo real.

Diagnosticar defeitos e problemas em um carro moderno, atualmente requer que se use um sistema de rastreamento no veículo.

Geralmente o dono do utilitário procura uma oficina autorizada pagando sempre um alto preço pelo serviço prestado, que não leva mais que cinco minutos para fazer e inclui só mão de obra. Tem oficina que tenta passar ao cliente a impressão de que o serviço foi mais complexo, imprimindo relatórios e explicando detalhadamente o serviço.

Mas o que o cliente não tem conhecimento é que ele mesmo pode fazer o rastreamento do seu carro, usando apenas um smartphone simples, bastando para isso que o aparelho tenha Bluetooth, algo muito comum em quase todos os aparelhos atuais.

Veja também:  Fim do Motor a Combustão em Carros pode estar Próximo

Você pode transformar seu smartphone num computador de bordo, mesmo que o veículo não tenha um display no painel. Somente com um bom aplicativo, um conector e seu smartphone.

O que é OBD?

OBD “On Board Diagnostics” ou diagnóstico de bordo, uma interface modelo feito pela indústria automotiva, nos anos 90. Esse mecanismo permite o acesso e leitura de informações manipuladas pela central eletrônica do carro, por qualquer computador. É o chamado ECU ou “módulo de injeção”, que pode ser diferente de carro para carro.

O ECU processa as informações que o módulo de ignição e injeção envia, se algo não der certo ele cria uma mensagem de erro, alertando através de uma luz que está no painel do carro. Somente o computador de bordo pode ler e decifrar essa mensagem.

Veja também:  Preço Médio do Seguro de Carro em Minas Gerais

Conector OBD-II

Ele é o segundo da geração interface e também o responsável por tudo acontecer, desde 1996 quase todos os carros a utilizam. Se você tiver um Android, basta comprar um conector OBD-Wi-Fi e Bluethooth.

Já é possível comprar conector através do Mercado Livre ou eBay por um precinho camarada, entre 50 e até 300 reais. Os gadgets da Apple só funcionam com conector Wi-Fi e geralmente custam bem mais caro.





Os aplicativos

Os aplicativos são sempre separados por preços, avaliação dada por usuários e funcionamento, vamos listar alguns exemplos:

– IOS

Um dos melhores e mais caros da App Store consegue monitorar velocidade, combustível, RPM, temperatura de água e muitos outros.

– Logworks

Não é tão completo quanto o primeiro, mas sua interface é direta e de fácil uso.

Veja também:  Hyundai Creta no Brasil - SUV deverá ter Motores 1.6 e 2.0

– MD4Mycar

É simples e quase amadora, mas sua função de diagnóstico é excelente, permitindo que apague a luz de serviço.

Por Ruth Galvão

Inserir um comentário