Volkswagen lidera as vendas no 1º semestre


     

Volkswagen passou Toyota e chegou ao topo de quantidade de vendas de veículos neste 1º semestre, atingindo a marca 5,1 milhões de veículos fabricados e entregues.

Enquanto ainda se esforça para limpar a imagem manchada pelo escândalo dos motores a diesel, a montadora Volkswagen conseguiu bater a Toyota e chegou ao topo de quantidade de vendas de veículos neste 1º semestre, atingindo a marca 5,1 milhões de veículos fabricados e entregues no mundo todo. Isso significa aproximadamente 80 mil veículos a mais do que sua concorrente japonesa e 360 mil acima da GM.

Neste resultado estão inclusas todas as marcas dos grupos; ao se tratar da VW, são incluídas as vendas da Porsche, Audi entre outras; já a Toyota inclui a marca Lexus.

No ano de 2015, a montadora germânica também chegou ao topo de vendas nos primeiros seis meses, mas acabou sendo desbancada pela japonesa no final do ano, talvez pela repercussão da fraude dos motores a diesel.

Veja também:  Novo Fiat Doblò Cargo 2017 - Lançamento na Argentina

Entre os meses de janeiro e junho, as vendas da montadora aumentaram em 1,5%. Já nos Estados Unidos, caiu em 7,2%.

Já na Europa, os emplacamentos da marca tiveram um aumento de 3,8% nos primeiros seis meses. Também houve uma alta, de 6,8% na China.

Entretanto, a marca alemã teve uma queda em seu lucro líquido no 1º semestre atingindo US$ 3,937 bilhões, representando uma diminuição de 36,8% se comparado com os mesmos meses do ano passado, quando a fraude não tinha sido denunciada ainda.

A VW informou também que havia reservado mais US$ 1,76 bilhão para tratar os processos do escândalo, inclusive na América do Norte.

Veja também:  Chevrolet S10 ZR2 2017 - Lançamento nos Estados Unidos




A montadora levou uma segunda multa adicional, na última quinta-feira, dia 28, agora do estado de Washington e chegou a US$ 176 milhões. A Califórnia é outro estado que já havia multado a companhia em US$ 86 milhões.

Isso após Volkswagen ter fechado um acordo de 15 bilhões de dólares para finalizar os processos que os consumidores moveram.

Matthias Müller, presidente da VW disse que a companhia deve estar contente apesar dos problemas enfrentados ultimamente.

A Volks também divulgou que seu ganho operacional diminuiu em 21,7%, chegando a US$ 5,873 bilhões. Entre janeiro e junho o faturamento atingiu a cifra de US$ 118,728 bilhões, representando um recuo de 0,8%.

No ano passado, por conta do escândalo a marca teve um prejuízo de 1,3 bilhão de euros.

Veja também:  Lançamento da Yamaha XTZ 150 Crosser 2017

Por Filipe Silva

Vendas da Volkswagen

Inserir um comentário