Nova BMW Série 1 Sedan deve ser lançada na China


     

Modelo irá concorrer com Audi A3 e Marcedes-Benz CLA.

A BMW revelou recentemente ao mercado todas as novidades do inédito BMW Série 1 Sedan, novo modelo de entrada da montadora que estava sendo aguardado há 2 anos pelos fãs da fabricante. O modelo chega para brigar com sedãs já bastante conhecidos pelos consumidores, das marcas Audi e Mercedes-Benz.

O Série 1 Sedan foi desenvolvido na Alemanha, em parceria com a chinesa Brillance, que trabalha com a BMW há mais de uma década e meia, e foi baseado na plataforma UKL de tração dianteira, que também está presente nos modelos da MINI. A ideia era lançar um modelo que agradasse aos consumidores chineses, uma vez que o lançamento do carro se dará em terras chinesas.

Veja também:  Cartão de Estacionamento para Idosos em São Paulo - Como solicitar

O esportivo foi desenvolvido a partir do conceito apresentado no salão do automóvel realizado na cidade de Guangzhou, na China, no ano passado. O objetivo da BMW é conquistar mais uma fatia do mercado dos sedãs e competir diretamente com os modelos Audi A3 e Marcedes-Benz CLA.

O visual do novo sedã da BMW mantém as linhas típicas da montadora, com destaque para os LEDs duplos redondos nos faróis, para-choque dianteiro com grandes aberturas e apliques em cromado e preto, capô longo, linhas esportivas e tamanho de carroceria semelhante aos demais sedãs da marca. A traseira do modelo deverá seguir o padrão dos modelos sedãs da BMW.





Detalhes técnicos do Série 1 Sedan ainda não foram divulgados pela fabricante. Porém, devido ao fato de ser construído sobre a plataforma UKL, com tração dianteira e movido por 3 e 4 cilindros, é provável que o Série 1 Sedan ofereça motorização turbo e excelente condução ao motorista – típico dos modelos da fabricante.

Veja também:  Volkswagen Golf ganhará versões 1.0 TSI e Elétrica

A produção do novo modelo será feita na China, junto à produção da nova geração da BMW X1 e do modelo Série 2 Active Tourer. O Série 1 Sedan será o quinto modelo da marca a ser totalmente produzido em território chinês, graças à excelente aceitação dos chineses a outros modelos da marca nos últimos anos. O lançamento do Série 1 Sedan, a princípio, também será restrito ao mercado chinês, mas o sedã poderá chegar a outros mercados no futuro. A marca, porém, ainda não comenta esta possível expansão da fabricação e comercialização do modelo para outros países.

André Barbirato

Inserir um comentário