Carro Autônomo do Uber é flagrado em Testes


Modelo é um Ford Fusion Hybrid e está rodando pela costa leste americana.

Após muitos boatos sobre o carro autônomo do Uber, finalmente apareceu a foto oficial do automóvel andando pelas ruas de Pittsburgh, nos EUA, sendo o automóvel um Ford Fusion Hybrid.

Apesar da autonomia do veículo, há sempre um humano no interior do automóvel para intervir em situações necessárias. Vale lembrar que a Microsoft volta e meia tem tentado ingressar nessa área. Inicialmente o Uber, em uma parceria feita com o Google, deu início a este projeto, só que interesses futuros do Google de também montar uma frota de carros autônomos impediu que a parceria entre as duas empresas prosseguisse.

O Uber atualmente desenvolve este projeto na costa leste americana. O projeto que ainda está em fase de análise e de testes, progressivamente está tendo melhoras e que se comparando com a Google ainda pensa em desenvolver seu próprio sistemas de mapas e se equiparar com a tecnologia da mais provável concorrente americana. 

Veja também:  IPVA PR 2017 - Tabela de Valores Venais e Calendário de Pagamento

Além de poder identificar com mais velocidade e precisão os ajustes que devem ser feitos, devido a experiência que a empresa tem no ramo. O enfoque da empresa no momento é a condução segura do automóvel para assim garantir a segurança de pedestres, ciclistas e outros veículos.





De acordo com o criador do Uber, o verdadeiro objetivo da empresa é transportar pessoas e bens do ponto A para o B. A automação dos veículos de transporte causará uma incrível baixa de custos, possibilitando no futuro, de acordo especialistas, a substituição da utilização do transporte público pelos carros autônomos. As inovações deste projeto podem também remodelar o formato da indústria automobilística, afetando na venda de carros novos e seminovos, pois o público tem preferido o transporte seguro e barato do Uber.

Veja também:  Fiat Toro Black Jack 2017 - Edição Especial

O Uber em si teve seu início lá no ano de 2010. A ideia partiu de dois empresários que idealizaram a proposta de montarem uma frota composta por carros de luxo. Entretanto, a partir de 2012 o serviço acabou sendo estendido para carros populares. O app logo se tornou popular e conseguiu obter uma valorização muito rápida. Como consequência os investimentos acabaram aparecendo. Entre os grandes investidores estão as principais empresas do setor de tecnologia.

Por Denisson Soares

Inserir um comentário