Mobi – Preço, espaço e motor podem afetar as vendas


     

A Fiat anda trabalhando para afastar a ideia de uma marca que só vende carro “barato”. O fato está tão presente na companhia que ela própria afirma que a novíssima picape Toro é a “cereja do bolo” servindo como um ícone para representar essa nova etapa da marca em terras brasileiras. No outro lado da moeda está outro lançamento: O Fiat Mobi. Um veículo pensado e desenvolvido para ser de uso urbano. Aspecto muito bem explicado pela presença exclusiva do motor 1.0. E é sobre ele que vamos ver alguns detalhes. Mas resumindo esses dois lançamentos mostram claramente que a marca está investindo em veículos mais sofisticados.

Voltando ao Mobi, basicamente o carro terá como missão ser o novo modelo de entrada. E se você estiver pensando o que será do Palio Fire… Bom, de acordo com a montadora ele deverá continuar no mercado por algum tempo.

Veja também:  Hyundai Elantra 2017 - Lançamento, Preço e Principais Mudanças

O Mobi chega ao mercado como modelo básico e sendo assim já quebra alguns parâmetros que a marca tinha nesse setor. Mesmo sendo um modelo de entrada o design do carro está mais trabalhado. Além disso, ele é o único modelo a contar com poucos opcionais.

O que a Fiat está fazendo apesar de parecer novo não é. Outras marcas já adotaram a estratégia e obtiveram sucesso no Brasil. Por exemplo, hoje em dia não encontramos mais um Onix, um HB20 ou um Ford Ka que não conte com direção hidráulica e ar já de série. Quem ignorou esse fato foi a Volkswagen ao lançar o Up! lá em 2014.

Quando o Mobi foi anunciado havia uma certa expectativa de que o carro fosse um pouco mais barato. Mas a ideia foi extinta com a divulgação oficial dos preços. Mesmo a opção que não traz ar-condicionado tem sua faixa de preço acima dos R$30 mil.

Veja também:  Carros Mais Econômicos do Brasil em 2016




Tirando o Up! praticamente todos os outros concorrentes do Mobi já passam a faixa dos R$40 mil. Mas o Mobi não fica muito atrás. A Way On, versão mais completa, os valores podem chegar a R$44 mil.

Além de ser menor do que o Uno o Mobi ainda tem outro problema além do tamanho. O “coração” do modelo é o mesmo do velho Palio Fire que tinha 4 cilindros e 75 cavalos. Futuramente a Fiat deve mudar isso, mas por enquanto…

De fato o design do carro chama a atenção. Mas dificilmente os aspectos positivos vão suplantar a questão do preço, do espaço e do motor. Mas quem sabe a Fiat tenha uma relativa sorte com o Mobi.Vamos aguardar para ver os resultados.

Veja também:  Fiat Siena 2017 - Preço, Ficha Técnica e Versões

Por Denisson Soares

Inserir um comentário