Toyota Corolla híbrido chinês e o novo sedã brasileiro


     

Quem conheceu o Corolla Hybridpor meio das unidades que foram expostas ao público durante a realização do Salão de Pequim 2016 deve ter pensado se a versão que vem para o Brasil é igual. Para acabar com as dúvidas é bom deixar claro que “não”. Ao menos no que diz respeito ao conjunto por inteiro da obra. Mas de qualquer forma o sedã asiático vai contribuir para que os ocidentais se acostumem a nova linha estética que está prevista para ser aplicada ao sedã no Brasil por volta de 2017.

A configuração híbrida apresentada no Corolla Hybridno Salão de Pequim remete a um visual futurístico. De acordo com alguns sites e especialistas do setor a tendência é de que as versões “civis” acabem por querer incorporar esse visual. Tendência essa que será válida tanto para o mercado brasileiro quanto para o europeu. A fonte principal de inspiração deverá vir de dois produtos anunciados recentemente pela marca japonesa: O inédito SUV C-HR e a segunda geração do Prius.

Veja também:  Renault Sandero e Logan 2017 - Lançamento e Novidades

A presença de uma grade dianteira com um filete grosso e cromado em forma de delta situada no topo e que acaba sendo ligado aos faróis do carro é uma das alterações previstas. Claro que tudo deverá respeitar o mercado para onde as modificações estarão sendo destinadas.

No caso do Corolla brasileiro a expectativa é que a versão reestilizada chegue ao mercado com um conjunto óptico que apresente características mais invasivas o que possivelmente estreitará a grade.





Alterações também estão sendo previstas para a entrada de ar superior que deverá ser mais larga. Já para os para-choques estão sendo analisadas linhas com aspectos mais conservadores e a presença de luzes de neblina.

Veja também:  Carro do Povo - Classificados de Carros no RS

Na Europa a reestilização do Corolla foi anunciada para o segundo semestre deste ano. Por lá, o modelo ainda deverá contar com rodas de liga leve de 17 polegadas. Componentes de segurança a exemplo do acendimento automático de luz alta, assistente de manutenção de faixa e frenagem emergencial também estão previstos para estarem presentes na versão europeia.

Já para versão brasileira não existe nenhuma informação sobre a presença desses itens. Mas vamos ser sinceros, se eles estiverem presentes seria uma boa alternativa para quem quer concorrer com a nova geração do Honda Civic.

Por Denisson Soares

Inserir um comentário