Bugatti Chiron será apresentado no Salão de Genebra 2016


     

Veículo terá produção limitada e custará mais de US$ 2 milhões.

A Bugatti divulgou oficialmente a notícia que muitos especialistas e apaixonados por automóveis já imaginavam: o veículo que irá substituir o lendário Veyron será batizado com o nome de Chiron e a apresentação dele ao público ocorrerá no Salão de Genebra, evento que ocorrerá na Suíça no mês de março de 2016.

O nome de batismo desse veículo já estava sendo divulgado pela mídia internacional há alguns meses, a origem deste nome é uma homenagem Louis Chiron, que foi piloto da escuderia Bugatti nas décadas de 1920 e 1930. Segundo a fabricante, a homenagem é mais do que merecida, haja vista que Louis, na sua época, foi o melhor piloto, bem como ao fato de não haver nenhum outro profissional que marcou a trajetória da Bugatti.

Veja também:  Novo Fiat Uno 2017 - Preços e Características

Antes mesmo de ser lançado, este veículo já é um sucesso, pois já foram feitas nada mais nada menos que 100 encomendas. O Chiron está sendo divulgado pela empresa como o superesportivo mais rápido, mais potente, luxuoso e exclusivo produzido até hoje.

Para aqueles que ficaram animados com essa notícia, o Chiron será fabricado com unidades limitadas, sendo que em princípio a fabricante deve disponibilizar para o mercado apenas 500 unidades, quantitativo este que já se encontra incluso o Chiron Targa, que é outra versão deste veículo que deverá ser lançada no ano de 2018.





A expectativa para o lançamento de carro é muito grande e a todo o momento detalhes são especulados. Ele já foi visto recentemente em testes nas estradas da Itália. Informações oriundas dos bastidores da fabricante dão conta de que o Chiron será equipado com o famoso propulsor quadriturbo W16 8.0, o qual é capaz de produzir uma potência próxima dos incríveis 1.500 cavalos, para completar este conjunto mecânico o carro terá uma transmissão de sete velocidades DSG.

Veja também:  Jeep Renegade 2017 - Novidades e Preço

Com esse potente e invejável conjunto mecânico, o Chiron irá ter a capacidade de até 100 Km/h em 2 segundos antes de chegar à sua velocidade máxima, que é de 470 Km/h. O único fator desanimador de toda essa história é que o veículo deverá ser comercializado por cerca de US$ 2,2 milhões.

Por Adriano Oliveira

Inserir um comentário