Seguro do Carro – Homens Divorciados pagam Mais Caro pelo Seguro


     

Pesquisa mostra que homens divorciados acabam pagando valores até 10% mais caros em seus seguros.

A corretora ComparaOnline fez um levantamento e aponta que homens divorciados tem o valor do seguro de seus carros em média 10% mais alto em comparação aqueles que são solteiros. Para um Fiat Palio, por exemplo, a diferença de preço entre os dois grupos fica em até 19%. Mas e por que acontece esse tipo de coisa?

Dados da empresa que fez a pesquisa dá conta que o motivo primordial é a diferença que existe entre o número de sinistros entre solteiros e os divorciados. Depois do modelo citado da Fiat, aparecem carros como o Toyota Corolla e o Fiat Uno, sendo os que contam com valores salgados para os bolsos dos homens que se separaram. O Corolla fica em até 15% mais caro e o Uno em 14%.

Veja também:  Novo Troller T4 Bold 2017

Na mesma avaliação desta empresa de seguros, porém, foram ranqueados alguns carros que os seguros não tem muita relação em termos do homem ser divorciado ou não. Veículos como o Renault Sandero e o Volkswagen Crossfox são os que apresentam uma variação menor. Sendo 3% e 1%, respectivamente.

Seguros de utilitários esportivos compactos:





Esses modelos estão cada vez mais presentes nas cidades. Muitos se questionam como ficam o seguro desses carros. Em uma cotação feita pela internet, dá para se observar que os donos (casado, na faixa etária dos 35 anos, sem filhos, mora e trabalha em São Paulo e tem garagem em casa e no seu trabalho) do modelo Jeep Renegade possui uma das cotações mais salgadas. O seu valor médio, para a versão Longitude 1.8 Flex, fica com um custo em R$ 4.873,20.

Veja também:  Calendário de Pagamento para o IPVA 2017 em SP

O Peugeot 2008 Allure 1.6 16 Válvulas tem o custo de R$ 3.915,52. Já para o Renault Duster Dynamique 1.6 16 Válvulas o preço ficou em R$ 3.945,86.

O SUV mais barato foi o Honda HR-V EX 1.8 16 Válvulas com preço de R$ 3.707,25.

Inserir um comentário