Recall do Porsche Macan no Brasil


     

Veículo é chamado para recall devido a uma falha no sistema de combustível.

Nessa sexta-feira, dia 30 de outubro, a Porsche convocou várias unidades do seu modelo Macan (modelos S e Turbo) para um recall devido a uma falha no sistema de combustível. A falha consiste no vazamento de combustível de baixa pressão dentro do motor e só afeta motores movidos a gasolina. O problema será resolvido com a substituição de um conduto do sistema. Ao todo são 58.881 veículos do Macan afetados pelo problema em todo o mundo, sendo que no Brasil são 462 unidades que deverão comparecer ao recall.

O Porsche Macan é o segundo SUV da marca no Brasil depois do Cayenne e foi um dos responsáveis pelo aumento do número de unidades vendidas da Porsche no país. Em 2014, antes de seu lançamento, já existia uma fila de espera de três meses para comprar o carro cujo preço vai de R$ 399.000,00 (na versão S) a R$ 499.000 (na versão Turbo). A marca ainda prevê o lançamento de mais um modelo do Macan (o Macan GTS) no Brasil em 2016, o que deve incrementar ainda mais as vendas.

Veja também:  Novo Ford Fiesta 2017 - Novidades e Preço

O recall do Macan é o segundo recall da Porsche em 2015, o primeiro foi em maio, quando o 918 Spyder apresentou problemas na direção elétrica e teve as três unidades no Brasil chamadas para recall. Segundo a Revista Auto Esporte, 2015 é o ano com mais recalls da história do país, com mais de 2 milhões de veículos convocados para recall, um aumento de 56% em relação ao ano anterior.





As concessionárias da Porsche devem avisar diretamente os proprietários do Macan para que possam agendar visitas nas autorizadas da marca para o reparo. Segundo a Porsche, o reparo, que é gratuito, demora aproximadamente 1 hora para ser realizado e deve ser feito assim que possível para evitar maiores danos ao veículos e possíveis riscos ao motorista e passageiros. 

Veja também:  Novo VW Golf Comfortline 1.0 TSI 2017

Por Gizele Gavazzi

Inserir um comentário