Novo Honda FCV Clarity – Apresentação no Salão de Tóquio 2015


     

Novo carro será lançado no Japão em março de 2016. Estados Unidos e Europa também podem receber o carro em breve.

O incrível Salão de Tóquio trouxe para o mundo muitas novidades tecnocientíficas que irão redimensionar o Universo dos Automóveis. No evento, tem-se destacado modelos que liberam água ao invés de gases poluentes, com uma recarga rápida e mais autônomo e ainda salientam que o hidrogênio poderá ser o combustível do futuro. Dentre as marcas, a Honda e a Toyota foram as empresas que sairam na frente nesta corrida automobilística.

O monstruoso Clarity Fuel Cell, da empresa Honda, começará a ser comercializado em território japonês em março de 2016, inicialmente para empresas e governos, por cerca de duzentos e quarenta e seis mil reais. De acordo com a Honda, o Clarity terá uma incrível potência para andar até setecentos quilômetros com uma carga.

Veja também:  Cartão de Estacionamento para Idoso em Porto Alegre - Como Funciona

Os Estados Unidos da América e o Continente Europeu serão também mercados consumidores onde será possível comprar o novo modelo de células de combustível de hidrogénio. No entanto, a Honda salientou que os compradores desses mercados terão que esperar até 2017 para poderem adquirir o monstro futurístico FCV Clarity.





O FCV Clarity é impulsionado por um motor elétrico. A estrutura das células de combustível foi reduzida em 33%, que permite ao FCV Clarity ser o primeiro modelo de hidrogênio em que o motor e as células de combustível estão colocados na área do propulsor. De acordo com a Honda, o novo modelo permite uma autonomia de 700km e pode ser reabastecido de hidrogénio em poucos minutos. O modelo japonês ainda permite produzir eletricidade às residências, como uma fonte de geração de emergência.

Veja também:  Honda CR-V 2017 - Avaliação, Preço e Novidades

Para que a tecnologia de hidrogêneo possa se desenvolver, é necessário sedimentar infra-estruturas de carregamento. Recentemente, a Honda abriu uma estação de produção de hidrogênio que opera a energia solar e consegue produzir 20 toneladas do elemento por ano. Esta estrutura será o ponto de partida da criação de uma infraestrutura no Reino Unido para o desenvolvimento deste tipo de carro e que está inserido no programa governamental UKH2Mobility.

Felipe Pancheri Colpani

Inserir um comentário