Carro Elétrico e a Hidrogênio não terão Imposto de Importação


     

Governo Federal zera imposto de importação para veículos movidos a Eletricidade e Hidrogênio.

Em busca de novas opções para diminuição da poluição, o Governo Federal diminui para zero o percentual de importação para modelos veiculares movidos unicamente a partir da eletricidade ou do combustível hidrogênio.

Para carros elétricos ou movidos a hidrogênio, o imposto que era de 35% e agora cai para 0%, enquanto os veículos híbridos que combinam a propulsão elétrica com outro combustível envolvido terão alíquota de 7%, variando conforme a potência do veículo e a eficiência energética do modelo.

A medida tomada pelo Governo Federal entra em vigor a partir do dia 27 de outubro de 2015, porém, valerá somente para modelos que tenham autonomia de no mínimo 80 quilômetros a cada recarga. Unidades importadas, tanto desmontadas quanto semidesmontadas, serão beneficiadas pela medida.

Veja também:  Novo Fiat Doblò Cargo 2017 - Lançamento na Argentina

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e de Comércio Exterior informou que o Brasil busca com essa atitude se inserir em novas formas tecnológicas com baixo consumo de combustível, eficiência energética cada vez maior e reduzir a emissão de poluentes dos veículos automotores.





Atualmente o mercado brasileiro conta com um pequeno nicho de opções veiculares nesse segmento. Os chamados carros “verdes”, que tem emissão mínima ou nula de poluentes na atmosfera, ainda não se popularizaram por aqui. Mas essa medida tem por objetivo permitir que cada vez mais apareçam opções ecológicas por aqui, tanto com fabricação local quanto de fora do país.

A maior barreira encontrada pelo segmento ainda é o alto custo na aquisição dos modelos, pois segundo a Associação Brasileira do Veículo Elétrico, o Brasil possui em torno de 3 mil unidades compreendendo veículos elétricos ou híbridos.

Veja também:  Mitsubishi Pajero Full 2017 - Características do modelo

O único modelo elétrico comercializado no país atualmente é o BMW i3, lançado em 2014 no valor 226 mil reais. Para o modelo híbrido, o país conta com a comercialização de 5 modelos: o esportivo BMW i8 por R$ 799.950,00, o Mitsubishi Outlander PHEV por quase 200 mil reais, o Ford Fusion por 142 mil reais, o Lexus CT200 por 134 mil reais e o modelo mais barato do segmento o Toyota Prius por 116 mil reais.

Jean Fretta Pereira

4 comentários em “Carro Elétrico e a Hidrogênio não terão Imposto de Importação

  1. Benedito Alves Santos

    - Editar

    Quem compra esses carros são os ricos. Benefícios para os ricos e o que para os pobres.

Inserir um comentário