Novo Ford Taurus 2016 – Apresentação no Salão de Chengdu


Veículo é apresentado com mudanças em seu design e novos acessórios.

Após ter sido revelado um pouco antes do Salão de Xangai, evento este ocorrido no primeiro semestre deste ano, o novo Ford Taurus 2016 retornou a ser atração no estande da fabricante de veículos automotores Ford no Salão de Chengdu, sendo que nesta oportunidade a marca acabou divulgando todos os detalhes a respeito do veículo.

Em princípio, o novo Ford Taurus está sendo considerado como o novo sedã premium, contudo o veículo será destinado para o mercado chinês. O Taurus ficou muito parecido com o conhecido Ford Fusion, porém, com dimensões ainda mais avantajadas. O que fez com que este veículo ficasse parecido com o Fusion foi o fato de a fabricante ter abandonado o design antigo que tinha linhas agressivas e retas. Com as mudanças que foram feitas, o Ford Taurus se enquadrou melhor na atual identidade visual da fabricante.

Veja também:  Renault Kwid 2017 - Preço e Características do Lançamento

Na parte dianteira o novo Taurus possui novo para-choque e faróis de LED. Na lateral, quem observa o veículo logo fica impressionado com as lindas rodas de 19 polegadas, já na retaguarda foram inseridas lanternas horizontais, as quais foram confeccionadas com LED.

Na parte interna, como não poderia ser diferente, o Taurus possui um espaço excepcional, pois conta com nada mais nada menos que 5 metros de comprimento e um longo entre-eixos de 2,95 metros. O acabamento interno ganhou um toque mais refinado com a inserção de materiais mais requintados, o novo teto panorâmico deixou o carro ainda mais elegante, outra atração a parte é a central de multimídia deste veículo, que possui incríveis 10 polegadas. E os quesitos de conforto não param por aí, pois os assentos dianteiros do carro possuem ajustes elétricos e no interior do veículo há vários porta-objetos espalhados na cabine.

Veja também:  Honda WR-V 2017 - Preço Estimado e Ficha Técnica

Com relação à motorização, o Taurus será comercializado com um propulsor 2.0 EcoBoost GTDi, o qual é capaz de produzir uma potência máxima de 245 cv e 35,7 Kgfm de torque, com a possibilidade de uma outra opção que é o propulsor V6 2.7 Ecoboost, que é capaz de produzir uma potência máxima de 329cv e 48,4 Kgfm de torque, sendo que nas duas configurações os motores trabalham com um câmbio automático de seis velocidades.





Por Adriano Oliveira

Inserir um comentário