Londres pode tornar crime Excesso de Barulho no Trânsito


     

Conselhos de Chelsea e Kensington estudam Projeto de Lei que busca deixar o trânsito mais tranquilo nas comunidades.

Em Londres, na Inglaterra, os donos de carros potentes e que fazem muito barulho na aceleração, podem ter alguns problemas se fizerem isso para mostrar seus supercarros sem sair do lugar. A cidade conta com um projeto para deixar o trânsito local mais tranquilo para os motoristas. Ouvir música em um volume alto também está entre os pontos a serem discutidos.

Os conselhos de Chelsea e Kensington estão em busca de medidas que possam melhor qualidade de vida da comunidade. Para isso, três medidas estão em discussão e se forem aprovadas, deverão tornar crime as ações de fazer barulho acelerando o carro sem o mesmo sair do lugar e ouvir música muito alta. Outros fatores que seriam crimes também são o fato de andar em comboio com todos buzinando e ficar com o carro parado e o motor ligado.

Veja também:  10 Lançamentos do Salão de São Paulo 2016

Foto: Mauro Graeff Júnior

Sabia que o excesso de ruído no trânsito podem causar problemas de saúde?





O caos urbano atual deixa quase impossível controlar a fonte dos ruídos. Se você mora no centro de uma cidade populosa, a sua saúde pode estar em risco com os barulhos da mesma. A poluição sonora afeta a nossa resistência de maneira lenta e isso nos torna mais suscetíveis para alguns problemas de saúde.

Uma pesquisa que foi feita pela Sociedade Dinamarquesa de Câncer aponta que a pessoa que vive perto de um tráfego com muito barulho, tem mais chances de ter um ataque do coração, aponta os dados do estudo. Os ruídos podem ocasionar distúrbios do sono e também estresse. Os dados foram apresentados pelo jornal Daily Mail.

Veja também:  Honda CR-V 2017 - Avaliação, Preço e Novidades

Mais de 50 mil pessoas foram analisadas e o resultado foi de que 10 decibéis além do limite é o que precisa para que as chances da pessoa sofrer um infarto do miocárdio aumentem em 12%. Muitas empresas construtoras estão trabalhando em prédios e casas nessas regiões para que consigam evitar ao máximo que os ruídos urbanos cheguem às pessoas.

Inserir um comentário